Liberados R$ 350 mi para obras de saneamento


O governador Roberto Requião autorizou, nesta quinta-feira, o lançamento de quatro editais para licitação de obras de ampliação dos sistemas de abastecimento de água e de coleta e tratamento de esgoto de Curitiba e Região Metropolitana. No total, os contratos, assinados na sede da Sanepar, somam R$ 350 milhões e vão beneficiar cerca de 1,5 milhão de pessoas. As obras devem gerar 42 mil empregos, entre diretos e indiretos, em 10 municípios. "É a transformação de Curitiba numa cidade de primeiro mundo, por uma empresa pública. Posteriormente, estaremos lançando os investimentos totais, que somam R$ 1,7 bilhão, dinheiro tomado e garantido pelo Estado. Aplicações que jamais seriam feitas por empresas privadas", acrescentou Requião.
Dos recursos que serão licitados, R$ 110 milhões provêm de financiamentos feitos junto ao Japan Bank for International Cooperation (JBIC), R$ 162 milhões, da Caixa Econômica Federal, e R$ 78 milhões são da Sanepar. Segundo Requião, o dinheiro do banco japonês faz parte de um financiamento assumido pelo próprio governo estadual, que repassou o dinheiro para a companhia. "Por isso, esse dinheiro foi liberado agora que a Sanepar voltou a ser uma empresa pública. Se o tivéssemos liberado antes, estaríamos doando à iniciativa privada recursos que devem ser empregados em benefício do povo do Paraná", afirmou.
Os financiamentos vão garantir que, até 2006, a Sanepar atenda a 99% da população da Grande Curitiba com água tratada, e que os índices de atendimento com os serviços de coleta e tratamento de esgoto cheguem a 81%, na capital, e alcancem a média de 70% de cobertura contando com os municípios vizinhos. Para o presidente da Sanepar, Stênio Jacob, "esses investimentos vão deixar Curitiba muito acima da média exigida pelos organismos internacionais para classificar as cidades de primeiro mundo".
De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), para alcançar esse patamar, a cidade deve ter uma cobertura com serviços de saneamento básico acima de 65%. "Hoje, esse investimento multiplica empregos e coloca Curitiba como cidade desenvolvida, porque teremos mais de 80% de coleta e tratamento de esgoto. Atenderemos praticamente 100% da população com água tratada", declarou Requião.
Interligação – As obras que serão licitadas possibilitarão à Sanepar a construção de um novo sistema de abastecimento de água: o Miringuava. O Sistema vai beneficiar mais de 900 mil pessoas e também permitirá que a companhia realize a interligação dos quatro sistemas de água que abastecem Curitiba e Região. Para a ampliação da rede de esgoto, a empresa vai construir 1 milhão de metros de rede coletora e uma estação de tratamento de esgoto (ETE) em Fazenda Rio Grande, além de ampliar as ETEs Santa Quitéria e Atuba Sul. A ampliação da rede de coleta e tratamento de esgoto da Sanepar vai beneficiar 600 mil pessoas com 40 mil novas ligações.
Durante o evento, o governador Requião e o presidente da Sanepar também assinaram contratos no valor de R$ 79 milhões para obras de ampliação dos sistemas de água e esgoto dos municípios de Curitiba, Campo Largo, Fazenda Rio Grande e Piraquara. As obras vão gerar 11.850 empregos, entre diretos e indiretos, e beneficiar cerca de 50 mil pessoas.
Os contratos fazem parte do programa Pró-Saneamento, financiado com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) da Caixa Econômica Federal. Do total de investimentos, 90% são de recursos da CEF e 10% são da empresa. Com estes recursos, a Sanepar vai construir 9.900 metros de adutoras para a ampliação da rede de abastecimento de água, e mais de 274 quilômetros de rede coletora de esgoto, que possibilitarão a implantação de mais 12 mil novas ligações.
De acordo com Jacob, a liberação desse volume de investimentos só foi possível graças ao resgate do caráter público da Sanepar, pelo qual o governador Requião tanto lutou. "Esse é o maior programa de obras já visto nessa cidade. E com ele, o governador Requião está reafirmando sua posição de fazer da Sanepar uma empresa do povo do Paraná. Ao elevarmos, cada vez mais, os índices de atendimento com os serviços de saneamento básico em nosso Estado, estamos garantindo melhor saúde e qualidade de vida para população. Essa é a marca deste governo", afirmou.


15/10/2004

Fonte: Diário Popular

 

Avisos Licitações

07/10/2022

Cursos Presenciais - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública

O Curso Presencial da Nova Lei de Licitação e Cont...

03/02/2023

MPF divulga pregão eletrônico para aquisição de água mineral para unidade no PI

O Ministério Público Federal (MPF) torna público o...

03/02/2023

Licitação para ampliação do aeroporto de Cachoeiro pode sair neste ano

O projeto de reforma e ampliação do Aeroporto Muni...

03/02/2023

Raquel Lyra abre nova licitação de R$ 303 milhões. Saiba para qual finalidade

O Governo do Estado abriu uma licitação de R$ 303....
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita