Leitão nega direcionamento de licitação e rebate 'covardes'


O prefeito de Sinop, Nilson Leitão disse, agora há pouco, em entrevista coletiva, que o processo de licitação para a rede de esgoto em Sinop foi "transparente e que não existiu nenhum direcionamento. Foi encaminhada ao BNDES uma denúncia apontando que haveria superfaturamento e os técnicos do banco consideraram estas acusações fajuta e deram sinal verde para o projeto apresentado pela Prefeitura de Sinop que foi classificado, no BNDES, em primeiro lugar por estar atendendo todas as exigências técnicas e legais", afirmou.
"Quando eles (Gautama) ganharam licitação, que foi amplatamente divulgada em Mato Grosso e no país, buscamos no TCU -Tribunal de Contas da União- a ficha desta empresa e ela estava apta para fazer a obra. Naquela época, não tinha restrições", afirmou. Quanto as imagens apresentadas pela Polícia Federal de um encontro com o dono da Gautama, em Brasília, o prefeito disse que ocorreu após o processo de licitação ter sido definido. "Conversei com Zuleido Veras sobre um possível desmembramento da licitação porque a prefeitura pleiteava uma emenda federal para entrar com a contrapartida exigida, R$ 8 milhões, já que assumiria todo o financiamento no BNDES. O Consórcio Xingú foi quem venceu a licitação da obra da rede de esgoto em Sinop e a Gautama é uma das empresas. Eu entrei pela porta da frente do hotel e nos autos da Polícia Federal não aponta nada, absolutamente nada que eu teria pego dinheiro ou sacola", defendeu-se. "A solenidade de assinatura do contrato foi aberta para toda a sociedade, no parque florestal, onde esteve Zuleido Veras. Não foi nada às escondidas", acrescentou.
"Quero aqui defender minha honra, minha moral e dignidade. A grande maioria da imprensa fez sua parte. Alguns poucos jornalistas e opositores agiram como abutres, urubus. Não quero acreditar que farão desse episódio um palanque eleitoral. Não estou morto. Estou vivo e de cabeça erguida. Covardes usaram minha ausência ou nas rodinhas de bar, pisotearam na minha carçada. Mas não tenho ódigo ou vingaça.
"Debati por horas com a oposição, a equipe do BNDES veio aqui explicar para os vereadores e entidades de classe este projeto. Tudo aconteceu de forma transparente.
A solenidade de assinatura do contrato foi aberta a toda a sociedade, no parque florestal. Este episódio não vai interromper minha luta por trazer esta obra para Sinop. O nosso projeto foi aprovado pelo Senado, Banco Central, Ministério das Cidades, Tesouro Nacional e o BNDES", emendou.
O BNDES decidiu suspender a liberação dos recursos até que as suspeitas apontadas pela Polícia Federal sejam esclarecidas.


24/05/2007

Fonte: Só Notícias

 

Curso Licitações

28/05/2024

Licitação para concessão de água e esgoto em Divinópolis será em julho

A Prefeitura de Divinópolis publicou o edital para...

28/05/2024

Lajeado Novo lança licitação milionária para material de escritório

A Prefeitura de Lajeado Novo anunciou um

27/05/2024

Prefeitura de Cascavel realiza licitação para definir empresa para serviço de combustíveis

O último contrato para o abastecimento dos 903 veí...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita