Justiça suspende resultado de licitação da Petrobras


Rio de Janeiro - O juiz Vladimir Santos Vitovsky da 20ª Vara Federal do Rio de Janeiro concedeu liminar hoje suspendendo o resultado da licitação da plataforma PRA-1, da Petrobras, ganha pela construtora Norberto Odebrecht. A liminar foi concedida atendendo ação popular movida pelo ex-deputado Wolney Trindade, que era do PMDB - mesmo partido da atual governadora do Rio de Janeiro, Rosinha Garotinho. Recentemente, a governadora fez críticas ao processo de licitação da PRA-1, em evento em Brasília. A Petrobras informou que já entrou com ação de recurso contra a decisão
Trindade alega que a proposta vencedora apresentou valor de R$ 988 milhões, enquanto que o estaleiro Mauá-Jurong teria apresentado proposta de R$ 884 milhões. "Há portanto uma diferença significativa de R$ 104 milhões", diz o juiz no despacho. Para ele, "é muito mais urgente suspender a contratação para que se apure se efetivamente houve ou não violação ao princípio da economicidade do que permitir a construção da plataforma".


08/07/2004

Fonte: Estadão.com

 

Curso Licitações

07/10/2022

Cursos Presenciais - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública

O Curso Presencial da Nova Lei de Licitação e Cont...

03/02/2023

MPF divulga pregão eletrônico para aquisição de água mineral para unidade no PI

O Ministério Público Federal (MPF) torna público o...

03/02/2023

Licitação para ampliação do aeroporto de Cachoeiro pode sair neste ano

O projeto de reforma e ampliação do Aeroporto Muni...

03/02/2023

Raquel Lyra abre nova licitação de R$ 303 milhões. Saiba para qual finalidade

O Governo do Estado abriu uma licitação de R$ 303....
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita