Justiça impede privatização do saneamento em Fraiburgo


A justiça acatou na noite de terça-feira, dia 19, o mandado de segurança expedido pela Casan contra o processo de licitação que previa a privatização da empresa Saneamento de Fraiburgo (Sanefrai) por um período de 25 anos.
A abertura dos envelopes das empresas interessadas estava programada para as 9h desta quarta-feira, dia 20, mas foi cancelada devido à decisão do juiz cooperador Marcos Bigolin, que acatou a posição da estatal.
A Casan acusa a prefeitura de realizar um edital direcionado para privilegiar uma empresa interessada no contrato.
O prefeito de Fraiburgo, Edi Luiz de Lemos, disse que deve recorrer da decisão da Justiça. A procuradoria jurídica do município vai entrar com recurso contra a suspensão da licitação na semana que vem.
Lemos criticou a postura da estatal de desconfiar do processo.
– A Casan quer prejudicar Fraiburgo. Durante os 30 anos em que tiveram a concessão, deixaram a desejar no serviço de esgoto e na qualidade da água. Agora, querem impedir que controlemos esse sistema – afirmou.
O prefeito eleito, Nelmar Pinz, disse que pretende adotar o modelo de gestão compartilhada entre a Sanefrai e a Casan, a exemplo do que acontece em outros municípios, como Joinville e Chapecó.


20/10/2004

Fonte: Diário Catarinense.

 

Avisos Licitações

24/06/2024

Paraíso do Tocantins prepara licitação para iluminação em LED do estádio Antônio Damião

A Prefeitura de Paraíso do Tocantins informou na s...

23/06/2024

Publicado aviso de licitação para reforma da UMS Abadia

Publicado aviso de licitação para reforma da Unida...

23/06/2024

Marília terá unidade do PPP Novas Escolas; edital de licitação já saiu

Acidade de Marília foi contemplada com unidade do ...

21/06/2024

Licenças ambiental e de construção de condomínio industrial de Castanhal terão licitação integrada

Após o segundo processo de licitação, sem uma empr...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita