João Paulo se beneficiou de licitação


O procurador-geral da República, Antônio Fernando de Souza, acusa o ex-presidente da Câmara João Paulo Cunha (PT-SP), absolvido no processo de cassação pelo plenário na quarta-feira da semana passada, de ter recebido propina de Marcos Valério. Segundo a denúncia, Valério deu R$ 50 mil ao então presidente da Câmara com um propósito: ser beneficiado na licitação para contratação de agência de publicidade que resultou em fraudes e desvios de recursos. O relator do processo de João Paulo no Conselho de Ética, Cézar Schirmer (PMDB-RS), derrotado pelo plenário, disse ao jornal "O Globo" que se sente confortado com a denúncia oferecida pelo procurador. João Paulo Cunha foi procurado, mas não retornou as ligações. No contrato com a SMP&B, de Valério, o parlamentar teria desviado R$ 252 mil para uma empresa do jornalista Luís Costa Pinto, que lhe prestava assessoria direta, e R$ 536,4 mil para o núcleo publicitário comandado por Marcos Valério.
A denúncia lembra ainda que as relações de João Paulo com o "profissional do crime" Marcos Valério começaram quando ele era um dos coordenadores da campanha de Lula, em 2002, estreitaram-se em sua campanha de Osasco, custeada já com recursos do "valerioduto", e ficaram muito íntimas quando ele chegou á presidência da Câmara. Segundo o procurador, para receber o dinheiro da propina sem levantar suspeitas, João Paulo envolveu sua mulher, Márcia Milanesi. "Nessa linha, consciente de que o dinheiro tinha como origem uma organização criminosa voltada para a prática de crimes contra o sistema financeiro nacional e contra a administração pública, João Paulo Cunha, almejando ocultar a origem, a natureza e o real destinatário do valor pago como propina, enviou sua mulher, Márcia Regina, para sacar no caixa o valor de R$ 50 mil em espécie."


13/04/2006

Fonte: DiarioWeb

 

Avisos Licitações

07/10/2022

Cursos Presenciais - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública

O Curso Presencial da Nova Lei de Licitação e Cont...

03/02/2023

MPF divulga pregão eletrônico para aquisição de água mineral para unidade no PI

O Ministério Público Federal (MPF) torna público o...

03/02/2023

Licitação para ampliação do aeroporto de Cachoeiro pode sair neste ano

O projeto de reforma e ampliação do Aeroporto Muni...

03/02/2023

Raquel Lyra abre nova licitação de R$ 303 milhões. Saiba para qual finalidade

O Governo do Estado abriu uma licitação de R$ 303....
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita