Infraero afasta 4 funcionários acusados de irregularidades


O conselho de administração da Infraero decidiu nesta segunda-feira (9) afastar temporariamente quatro funcionários da estatal por suspeita de envolvimento em irregularidades.
A decisão foi tomada pelo conselho, em reunião no ministério da Defesa. Os quatro funcionários afastados são um diretor, um superintendente, um advogado e uma assessora da presidência da Infraero. Eles ficarão afastados dos cargos enquanto durar a sindicância da Controladoria Geral da União (CGU).
De acordo com a CGU, os funcionários são suspeitos de envolvimento na renovação indevida de um contrato de concessão de área pública para exploração de comércio de combustível, próxima ao Aeroporto de Brasília.
Segundo a investigação, a renovação foi feita em agosto de 2005 na gestão do ex-presidente da Infraero Carlos Wilson. A renovação foi feita fora do prazo e sem licitação para vigorar por oito anos.
O presidente da Infraero, José Carlos Pereira, disse que já fez uma auditoria interna sobre o caso e que também vai colaborar com outras investigações de irregularidades. “São bem mais de cem processos. Todos esses processos já estão entregues aos órgãos competentes como CGU, TCU, MP, PF. Estão bem entregues às pessoas que devem investigar isso. A nós cabe apoiar e dar todo suporte possível a essa investigação”, disse.
Aeroportos
Segundo balanço da Infraero divulgado nesta segunda-feira (9), dos 1.418 vôos previstos entre a 0h e as 18h, 222 registraram atrasos de mais de uma hora - o que corresponde a 15,7% do total. Outros 37 foram cancelados (2,6%). Segundo a empresa, a situação está tranqüila nos aeroportos.
A situação relativamente calma nos aeroportos do país durante a Semana Santa fez com que o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, agradecesse aos controladores de vôo por não ter havido atrasos. "Finalmente, nossos aeroportos estão tranqüilos. Uma demonstração de uma relação honesta e sincera entre o governo, a sociedade brasileira e os controladores permitiu que o bom senso reinasse", disse o presidente durante o programa de rádio "Café com o Presidente".


10/04/2007

Fonte: O Popular On Line

 

Curso Licitações

01/01/2024

Cursos On Line AO VIVO - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública

O Curso On Line Ao Vivo da Nova Lei de Licitação e...

29/01/2024

Curso On Line - Ao Vivo de Formação de Analista de Licitação e Contratação Pública

O Curso de formação Analista de Licitação ONLINE A...

15/01/2024

Cursos Presenciais - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública - Florianópolis/SC

O Curso Presencial da Nova Lei de Licitação e Cont...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita