INCRA/MS investe R$ 34 mi em habitação


O programa TerraVida Habitação, implantado em Mato Grosso do Sul pela Superintendência Regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra/MS), deverá investir, até o final de 2007, mais de R$ 34 milhões na construção de 3.135 moradias em dez projetos de assentamento no Estado.
Os recursos para construção de habitações provêm de um acordo firmado pelo Incra com a Caixa Econômica Federal (CEF). O custo unitário será de R$ 10,9 mil, sendo R$ 5 mil do Incra e R$ 5,9 mil financiados pela CEF, por meio do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).
As casas do programa TerraVida Habitação contam com 74 metros quadrados de área construída e têm três quartos, cozinha, sala, área de serviço e varanda, além de instalações elétricas, hidráulicas e sanitárias. A elaboração do projeto levou em consideração as reais necessidades das famílias assentadas em Mato Grosso do Sul.
O programa começou a ser implantado em 2006, em Mato Grosso do Sul, no PA Nery Ramos Volpatto, município de Bela Vista, onde 153 famílias assinaram o contrato com a Caixa. Ainda em 2006, outras 700 famílias do PA Itamarati II, em Ponta Porã, começaram a construir suas casas de acordo com o Programa.
Este ano, estão sendo beneficiados com o programa os projetos de assentamento Nery Ramos Volpatto, Itamarati II, Alambari, Morro Bonito, Eldorado II, Avaré, Teijin, Mateira e Santa Mônica.
"As novas moradias construídas nos assentamentos de Mato Grosso do Sul visam ao atendimento, com dignidade, da realidade das famílias beneficiadas pela reforma agrária. Elas são compostas, em média, de cinco a seis pessoas", afirmou o superintendente substituto, Valdir Perius.

Administração dos assentados garante economia
A parceria Incra, CEF, Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB) e as associações de moradores dos projetos de assentamento tem tornado possível a construção das moradias com o custo reduzido. Todo o material a ser utilizado nas obras é adquirido por meio de cotação pública. "Essa prática torna a participação dos comerciantes mais democrática e concorre para baixar sensivelmente os custos da construção das casas nos assentamentos", disse Pedro Vianna, da comissão de licitação do Incra.


25/10/2007

Fonte: Maxxpress

 

Curso Licitações

23/04/2024

PG abre licitação de quase R$ 8 mi para formar 'muralha digital'

A Prefeitura Municipal de Ponta Grossa abriu uma l...

23/04/2024

Ceasa-ES anuncia abertura de licitação para solução de controle e acesso

Na última quarta-feira (17), a Centrais de Abastec...

23/04/2024

PMJP fará licitação para construir ponte Mangabeira-Valentina

Abrindo as comemorações do aniversário de 41 anos ...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita