Iêmen abre licitação para projeto na área pesqueira


Brasília - O Ministério da Pesca do Iêmen informou que 31 companhias dos Estados Unidos, da Europa e dos países árabes se candidataram para uma licitação internacional para um projeto de gerenciamento e conservação da pesca, o "Fish Fifth Project". Apenas seis companhias serão escolhidas. O projeto terá orçamento de US$ 35 milhões e contará com o apoio do Banco Mundial e da União Européia, além do governo do Iêmen.
De acordo com o ministro da Pesca do Iêmen, Mahmoud Ibrahim Saghiri, o projeto será iniciado ainda no começo deste ano. As metas serão o desenvolvimento da infra-estrutura pesqueira e a monitoração dos padrões de qualidade, com o objetivo de aumentar o valor das exportações futuras.
Além disso, o projeto prevê a construção de estações de pesquisa ao longo da costa do Iêmen, partindo de Midi, no Mar Vermelho, passando pelo Golfo de Aden e chegando até a área de embarque adjacente ao Sultanato de Omã, no Mar Arábico. Também serão construídos portos, quebra-mares e mercados atacadistas de peixes nas províncias litorâneas, além da reabilitação e expansão dos portos existentes.
O ministro disse ainda que o projeto inclui a construção de centros de criação de peixes, que serão o núcleo da piscicultura no Iêmen. Ele disse também que o "Fish Fifth Project" prevê a reestruturação do Ministério da Pesca, incluindo a descentralização de atividades, a implementação de um sistema estatístico e de uma rede de informações, a preservação dos estoques pesqueiros existentes e a monitoração e inspeção da pesca no país.

Investimentos
A companhia Agro, da Turquia, anunciou que pretende investir cerca de US$ 100 milhões em projetos no setor pesqueiro no Iêmen. Dentro de alguns dias, uma equipe técnica deverá chegar em Sanaa para realizar, em alguns portos, um estudo preparatório para a criação de um centro de exportação de peixes.
No mês que vem, o Ministério da Pesca vai apresentar projetos de criação de peixes em 35 pontos do litoral do Iêmen a investidores do Golfo Arábico.
O ministro Saghiri disse que, ainda este ano, o governo vai começar a construir uma criação-modelo às margens do Mar Vermelho, com capacidade para produzir 1.000 toneladas de camarão ao ano. Também em 2007, uma companhia alemã será responsável pela construção de um tanque de peixes, no valor de US$ 19,4 milhões, com capacidade para produção anual de 500 toneladas de camarões e peixes.
Depois do petróleo, o setor pesqueiro é o segundo maior setor exportador do Iêmen. A pesca rendeu ao país US$ 210 milhões em 2004. Isso se deve principalmente ao litoral do Iêmen, com 2.230 quilômetros de extensão.
"A riqueza de recursos pesqueiros tornou-se uma grande fonte de emprego e renda para algumas das populações mais carentes do Iêmen, que habitam as regiões litorâneas," afirmou em nota o Banco Mundial. As informações são do jornal árabe Al Hayat.


09/01/2007

Fonte: Agência de Notícias Brasil-Árabe

 

Curso Licitações

18/04/2024

Governo abre licitação para recuperar Morro da Serrinha

A Secretaria-Geral da Governadoria de Goiás (SSG) ...

18/04/2024

Governador assina ordem de licitação das obras do Aeroporto Regional nesta sexta

Após uma semana da entrega do projeto técnico de m...

18/04/2024

Licitação para Dragagem no Porto de Ilhéus é publicada no Diário Oficial da União

Foi publicado na edição desta quinta-feira (18) do...

18/04/2024

Licitação da duplicação do trecho urbano da 352 será publicada na semana que vem

A Prefeitura de Pará de Minas deve encaminhar para...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita