Governo precisa investir R$ 20 bi, para eliminar o déficit habitacional


O ministro das Cidades, Olívio Dutra, afirmou hoje que o governo federal terá que investir R$ 20 bilhões ao ano, durante as próximas duas décadas, para eliminar o déficit habitacional, atualmente, avaliado em torno de 6,5 milhões de moradias. Ao inaugurar ontem em Porto Alegre mais um conjunto de moradias do Programa de Arrendamento Residencial (PAR), o ministro ressaltou que este ano serão entregues 478 mil novas habitações no Brasil e o governo deverá investir R$ 13 bilhões. O novo conjunto Residencial Umbu entregue hoje vai beneficiar 123 famílias, ainda não selecionadas, na cidade. Mais de 8 mil pessoas com renda familiar inferior a seis salários mínimos se inscreveram no processo de seleção. A taxa de arrendamento para os futuros moradores é de R$ 245,00, além de taxa administrativa. Ao final de 15 anos, a família receberá o direito de propriedade do imóvel. O PAR é um plano de arrendamento residencial destinado a famílias com renda de três a seis salários mínimos e que não tenham imóvel próprio. Tem como objetivo a produção ou a compra de imóveis em construção ou para reformar. O Departamento Municipal de Habitação (Demhab) é o responsável pela indicação dos interessados para a Caixa, que realiza a seleção dos beneficiados de acordo com os critérios do programa.


26/10/2004

Fonte: Investnews

 

Curso Licitações

07/10/2022

Cursos Presenciais - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública

O Curso Presencial da Nova Lei de Licitação e Cont...

02/02/2023

Prefeitura de SP abre licitação para manutenção das ciclovias da capital

A Prefeitura de São Paulo, através da SMT (Secreta...

01/02/2023

Prefeitura divulga edital de licitação para construção de um novo ESF Caçador

Os moradores do bairro Caçador ganharão uma nova s...

01/02/2023

Prefeitura de Taubaté revoga licitação para compra de material escolar

A prefeitura de Taubaté revogou a licitação para c...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita