Governo lança edital de concorrência para terminal de grãos do Porto do Itaqui


SÃO LUÍS/MA - Acontece nesta quinta-feira (24/11), a partir das 11 horas, no Palácio dos Leões, o lançamento Oficial do Edital de Concorrência Pública do Terminal de Grãos do Maranhão (Tegram), projeto de arrendamento de área do Porto do Itaqui para construção, operação e manutenção do Terminal.
Várias empresas ligadas ao setor do agronegócio demonstraram interesse em participar do empreendimento. O projeto será implantado no Porto do Itaqui em parceria com a iniciativa privada, na modelagem da PPP - Parceria Pública Privada. O Tegram tem o objetivo de garantir infra-estrutura de armazenamento e escoamento da produção de grãos, principalmente soja, aos produtores do Maranhão, Piauí, Tocantins, Mato Grosso e sul do Pará, e será implantado em três etapas com um investimento total de R$ 137,6 milhões.
Anteriormente no mês de agosto foi realizada a audiência pública do Tegram, um dos passos do processo licitatório que culminará com a implantação do projeto. Logo após o cumprimento desta etapa, foi solicitada autorização da ANTAQ (Agência Nacional de Transportes Aquaviários), para dar prosseguimento ao processo licitatório, tendo a permissão sido concedida no mês de novembro.
Ao lançar o projeto do Tegram em fevereiro deste ano, o governador José Reinaldo afirmou que o Terminal é uma resposta positiva aos produtores agrícolas do sul do estado e do Centro-Oeste do país, que passarão a ter estrutura para armazenamento e escoamento dos grãos. “Vamos aliar à perfeita logística multimodal do Porto do Itaqui a estrutura necessária para armazenamento e escoamento dos grãos, dando aos produtores agrícolas mais tranqüilidade para trabalhar, já que terão garantia que a produção de grãos terá por onde ser escoada”, afirmou José Reinaldo.
De acordo com o presidente da EMAP, Fernando Fialho, a previsão é que o Tegram esteja implantado em 2006, já exportando parte da safra de soja de 2005. Ele afirma que o Terminal de Grãos é um projeto altamente viável porque já nasce para atender a uma grande demanda existente para o escoamento de grãos e com outra vantagem da utilização da logística do Porto do Itaqui, o que garante transporte rodoviário e ferroviário da produção até o porto. Além de silos para armazenagem dos grãos, o Terminal terá ainda sistema de correia transportadora e carregador de navio com capacidade para movimentar 4 mil toneladas/hora.
Todas estas vantagens têm atraído o interesse de vários empresários em investirem no projeto. “Há muitos interessados, que passarão agora a cumprir todos os passos legais para o arrendamento de área no porto para a construção, operação e manutenção do Tegram”, acrescenta Fialho.
Fialho diz ainda que o Tegram surge como uma segurança aos produtores de que a safra de soja terá caminho certo para armazenamento e escoamento. “A safra de soja tem obtido crescimento ano a ano e o governador José Reinaldo, sensível à preocupação dos produtores de ter como escoar sua produção buscou as alternativas para garantir a estrutura, utilizando o Porto do Itaqui e sua logística eficiente, surgindo o Tegram, com recepções rodoviária e ferroviária, intensamente planejadas para evitar o gargalo no transporte dos produtos. Foi feito todo um estudo técnico e estamos buscando a parceria da iniciativa privada para viabilização do projeto”.
O Tegram será implantado em três etapas. A primeira movimentará até 2 milhões de toneladas de grãos por ano e terá dois silos verticais com capacidade para armazenar 45 mil toneladas de grãos cada um, totalizando 90 mil toneladas. Na segunda fase mais dois silos de 60 mil toneladas, totalizando a capacidade de 210 mil toneladas e movimentando até 5 milhões de toneladas por ano.
Quando todo o projeto estiver implantado, o Tegram movimentará 12 milhões de toneladas de grãos/ano, ofertando mais três silos de 60 mil toneladas, proporcionando a capacidade total para armazenar 390 mil toneladas. Nesta fase final, o sistema de transporte ferroviário estará operando com duas linhas paralelas nos píers 102 e 103 do Porto do Itaqui, facilitando ainda mais o acesso dos grãos aos navios.


24/11/2004

Fonte: Assessoria de Imprensa do Governo do Maranhão

 

Avisos Licitações

07/10/2022

Cursos Presenciais - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública

O Curso Presencial da Nova Lei de Licitação e Cont...

03/02/2023

MPF divulga pregão eletrônico para aquisição de água mineral para unidade no PI

O Ministério Público Federal (MPF) torna público o...

03/02/2023

Licitação para ampliação do aeroporto de Cachoeiro pode sair neste ano

O projeto de reforma e ampliação do Aeroporto Muni...

03/02/2023

Raquel Lyra abre nova licitação de R$ 303 milhões. Saiba para qual finalidade

O Governo do Estado abriu uma licitação de R$ 303....
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita