Governo irá acompanhar licitação da BR-163, diz Maggi


No que depender do Governo do Estado de Mato Grosso, tudo será feito para que saia o mais rápido possível a licitação para o início das obras da BR-163 entre Mato Grosso e o Pará.
Foi o que garantiu o governador Blairo Maggi ao presidente do BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social), Guido Mantega, em reunião realizada na sede do banco no Rio de Janeiro.
No encontro, discutiu-se o financiamento que o BNDES fará ao vencedor da licitação, cujo cronograma apresentado pelo Instituto Militar de Engenharia (IME) - responsável pelos projetos - prevê que o edital saia até o mês de setembro se tudo transcorrer conforme o previsto.
Foi uma reunião preliminar na qual também se discutiu os prazos para o pagamento e os juros.
De acordo com o secretário de Infra-Estrutura de Mato Grosso, Luiz Antônio Pagot, que foi um dos participantes da reunião, avalia-se também a possibilidade de enquadrar o financiamento no projeto do Governo Federal Parcerias Programa Parceria Público-Privado (PPP - que inclui recursos dos governos Federal ou Estadual e fundos de pensão ou empresas) ou se sai o financiamento direto via BNDES.
O secretário de Desenvolvimento Rural de Mato Grosso, Otaviano Pivetta, também participou da reunião. Ele é coordenador do consórcio já formado para viabilizar o asfaltamento da rodovia e que é integrada por tradings do agribusiness e também indústrias da Zona Franca de Manaus. Os investidores receberão uma concessão do governo federal e serão ressarcidas mediante a cobrança de pedágio.
O governador Blairo Maggi disse que o Governo de Mato Grosso irá acompanhar de perto a finalização dos projetos a cargo do IME e as negociações no BNDES para a concessão de financiamento da obra que deverá estar concluída em três anos.
Com a estrada pronta, a produção mato-grossense poderá ser escolada pelos portos do Norte do País, diminuindo a distância e reduzindo as despesas com a exportação pelo Sul do País no Porto de Paranaguá, cujo frete custa o dobro (US$ 60 por tonelada de grãos).
"O presidente do BNDES Guido Mantega inclusive já nomeou um gerente de Desenvolvimento do Projeto", informou o governador.


17/03/2005

Fonte: Diário de Cuiabá

 

Avisos Licitações

07/10/2022

Cursos Presenciais - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública

O Curso Presencial da Nova Lei de Licitação e Cont...

02/02/2023

Prefeitura de SP abre licitação para manutenção das ciclovias da capital

A Prefeitura de São Paulo, através da SMT (Secreta...

01/02/2023

Prefeitura divulga edital de licitação para construção de um novo ESF Caçador

Os moradores do bairro Caçador ganharão uma nova s...

01/02/2023

Prefeitura de Taubaté revoga licitação para compra de material escolar

A prefeitura de Taubaté revogou a licitação para c...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita