Governo fará licitação para novo administrador


Natal (RN)- O governo do estado vai abrir uma licitação no primeiro semestre de 2007 para contratar uma empresa privada para administrar o novo Centro de Convenções, recém reformado, na Via Costeira. Atualmente gerido pela Cooperativa de Desenvolvimento da Atividade Hoteleira e Turística (Coohtur), o espaço foi ampliado com um investimento de R$ 9 milhões e 500 mil fruto da contrapartida do estado ao financiamento do Prodetur.
A inauguração do novo Centro de Convenções é uma das prioridades programadas pela governadora Wilma de Faria para os primeiros dias de janeiro. A preocupação do governo casa com o aquecimento do setor de turismo de negócios no país, que vem acirrando a disputa dos destinos principalmente entre os estados do Nordeste. Diferente do atual sistema de convênio, com a nova empresa o governo espera também lucrar com as atividades do Centro.
O coordenador do Prodetur da Secretaria Estadual de Turismo (Setur), Francisco Soares Lima Júnior, explica que depois que firmou o convênio com a Coohtur, em 2002, o estado deixou de ter despesas com a manutenção do Centro de Convenções. ‘‘Agora, com uma empresa contratada e um espaço mais equipado, o governo estuda receber uma parte da verba que será lucrada com os eventos’’, afirma o coordenador.
De acordo com Soares Lima, o governo fez um aditivo ao convênio com a Coohtur, vencido agora em dezembro, para manter a cooperativa na gestão do Centro de Convenções até a conclusão da licitação. Ele acrescenta que as empresas concorrentes precisam, além de administrar o espaço, captar eventos através da divulgação. ‘‘A empresa tem que se mostrar capaz, com know hall para gerir o espaço e conseguir trazer eventos’’, diz.

REFORMA
Em dois anos de obras, a ampliação do Centro de Conveções construiu um salão com capacidade para três mil pessoas, climatizou os auditórios, melhorou as instalações, integrou o novo prédio com o antigo e dobrou a capacidade do estacionamento. ‘‘O Centro de Convenções do Rio Grande do Norte não deixa a desejar para nenhum outro do Nordeste’’, afirma Soares Júnior.
Na disputa pela captação de eventos, os estados vizinhos também estão investindo pesado em espaços destinados ao turismo de negócios. Em Pernambuco, por exemplo, o Centro de Convenções foi melhorado e tem a pauta inteiramente ocupada para 2007 e com eventos captados até 2009. Na Paraíba, o governo vai construir no próximo ano um complexo receptivo ao custo de R$ 72 milhões.


30/12/2006

Fonte: Diário de Natal

 

Avisos Licitações

29/02/2024

Licitações abertas para reformas da Praça Duque de Caxias e do Teatro Municipal

A Prefeitura de Vila Velha avança em uma etapa imp...

28/02/2024

Após questionamentos do TCE, Coden reabre licitação milionária para o lixo

A Coden Ambiental reabriu nesta semana a licitação...

27/02/2024

Licitação da Escola Piquiri finalmente será publicada em março

A comunidade do Piquiri, interior de Cachoeira do ...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita