Governo de AL autoriza DER a duplicar rodovia


O Departamento Estadual de Estradas de Rodagem (DER/AL) está autorizado, mediante decreto do Governo do Estado, a promover o levantamento e avaliação das áreas situadas nos 26 quilômetros do trecho que compreende a ponte Divaldo Suruagy até o entroncamento com a AL 220, em Barra de São Miguel, a serem desapropriadas para melhoramentos e duplicação da AL 101 Sul. O trabalho será feito através de uma comissão de técnicos do DER.
O Departamento Estadual de Estradas de Rodagem já encaminhou ao Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA) o estudo e o relatório de impacto ambiental, solicitando licença para a execução da obra. Os estudos de impacto ambiental foram feitos pela empresa de consultoria e engenharia CEMAPPU.
Segundo Ronaldo Pereira Lopes, diretor presidente do DER/AL, “a partir de agora vamos aguardar os resultados das análises feitas pelo IMA para prosseguir com os trâmites relativos a licença prévia, que deverá aprovar a viabilidade ambiental do projeto de duplicação, conforme a conclusão dos referidos estudos”.Após esta etapa será feita a licitação para a contratação da empresa que executará a obra, cujo prazo para o início dos trabalhos deverá ocorrer em março de 2008.
Desapropriação - De acordo com o decreto, serão desapropriadas as faixas de terra e benfeitorias situadas nos municípios de Maceió, Marechal Deodoro e Barra de São Miguel que margeiam a rodovia AL 101 Sul, com extensão total de 25.149,00 metros (vinte e cinco mil e cento e quarenta e nove metros), de largura média da faixa de domínio de 40 metros, sendo 20 metros pelo lado direito e 20 metros pelo lado esquerdo, a partir do eixo da referida rodovia, perfazendo uma área total de 1.323.360 m² (um milhão, trezentos e vinte e três mil e trezentos e sessenta metros quadrados). As despesas decorrentes da execução das desapropriações serão utilizadas recursos do Governo do Estado.
A duplicação da AL 101 Sul é considerada uma obra importante para o desenvolvimento da região, principalmente o setor turístico, uma vez que novos empreendimentos hoteleiros e imobiliários estão sendo previstos para os próximos anos. O projeto de duplicação está estimado hoje em R$ 93 milhões, e já foram repassados, em convênio com o Ministério do Turismo, R$ 10 milhões. Outros recursos já estão garantidos através de emendas.


10/12/2007

Fonte: Gazeta Web

 

Curso Licitações

18/04/2024

Governo abre licitação para recuperar Morro da Serrinha

A Secretaria-Geral da Governadoria de Goiás (SSG) ...

18/04/2024

Governador assina ordem de licitação das obras do Aeroporto Regional nesta sexta

Após uma semana da entrega do projeto técnico de m...

18/04/2024

Licitação para Dragagem no Porto de Ilhéus é publicada no Diário Oficial da União

Foi publicado na edição desta quinta-feira (18) do...

18/04/2024

Licitação da duplicação do trecho urbano da 352 será publicada na semana que vem

A Prefeitura de Pará de Minas deve encaminhar para...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita