Governo cancela licitação para compra de laptops


O governo federal decidiu cancelar a licitação para comprar 150 mil laptops que seriam usados por alunos de escolas públicas. O preço mínimo obtido nos dois pregões, de US$ 360 (cerca de R$ 650), ficou muito acima dos US$ 100 (cerca de R$ 180) que se pretendia pagar inicialmente.
Depois de duas tentativas de acordo com as empresas de reduzir os preços, sem sucesso, o ministro da Educação, Fernando Haddad, comunicou ao Palácio do Planalto que a compra deveria ser suspensa.
Uma outra licitação poderá ser aberta este ano. A primeira licitação foi feita no início de dezembro do ano passado. No dia 20 daquele mês, o governo abriu novamente o pregão, mas os concorrentes se recusaram a baixar ainda mais os preços. O mais baixo, oferecido pela Positivo, era de R$ 654.
O governo gastaria R$ 98 milhões para comprar os 150 mil computadores. O Ministério da Educação ainda tentou negociar diretamente com a Positivo para reduzir os preços, mas não teve sucesso.
De acordo com informações obtidas pelo Estado, houve pressão dos fabricantes para o governo aceitar o preço oferecido nos pregões de qualquer forma, esperando que a compra fosse ser feita de qualquer maneira. No entanto, não há recursos previstos para pagar mais de três vezes o valor previsto.


02/02/2008

Fonte: Gazeta On Line

 

Curso Licitações

21/02/2024

Prefeitura de Coremas lança licitação de mais de R$ 800 mil para comprar pneus

A Prefeitura de Coremas lançou uma licitação de ma...

20/02/2024

PBH publica edital para construção de espaço de convivência no Padre Eustáquio

A Prefeitura de Belo Horizonte abriu licitação pa...

21/02/2024

DAE abre licitação para ampliação e construção de elevatórias de esgoto

A DAE Jundiaí abriu licitação para ampliação e ade...

21/02/2024

Cruzeiro do Sul fará nova licitação para coleta de lixo

A falta de lixeiras e alguns containers danificado...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita