Governo apresenta o projeto do trecho Sul do Rodoanel a empreiteiras


A Dersa — Desenvolvimento Rodoviário S.A. — apresentou na noite de ontem o projeto executivo do Trecho Sul do Rodoanel Mário Covas. Empreiteiras e outras empresas interessadas em disputar partes da licitação de construção do anel viário receberam os detalhes técnicos — como métodos construtivos, volumes de serviços, tipos e espessura de pavimento, obras de arte especiais, etc. — que serão exigidos para a execução da obra.
A reunião foi voltada aos consórcios de empresas e empreiteiras interessadas em participar da concorrência para a execução da obra.
O edital de pré-qualificação das empresas que poderão participar da construção do Trecho Sul será publicado em abril.

Características
O Trecho Sul do Rodoanel terá 57 quilômetros de extensão, atravessando os municípios de Embu, Itapecerica da Serra, São Paulo, São Bernardo do Campo, Santo André, Ribeirão Pires e Mauá. A implantação do empreendimento está orçada em R$ 2,1 bilhões.
O Trecho Sul começa no trevo da Rodovia Régis Bittencourt — no entroncamento com o Trecho Oeste. O traçado acompanha as várzeas do rio Embu-Mirim. Para assegurar a preservação dessas áreas, as pistas foram separadas para permitir a criação de dois parques. Cruza a represa de Guarapiranga no seu ponto mais estreito, com uma travessia de apenas 90 metros, sem aproximar-se do Parque do Embu-Guaçu, localizado mais ao sul e a 12 quilômetros da captação de água da Sabesp. Passa pelo reservatório da
Billings, através de duas pontes: uma no braço do Bororé e outra no corpo principal.
Para não induzir a ocupação nas zonas de mananciais, o Trecho Sul estende-se por 38 quilômetros sem nenhum acesso às avenidas da região, passando por Itapecerica e Parelheiros, até chegar à Rodovia dos Imigrantes. Após o cruzamento com a Via Anchieta, prossegue em direção a Mauá, margeando o braço do Rio Grande, funcionando como uma barreira à ocupação desordenada e previne a degradação do manancial que abastece a região do ABCD.
Ao projeto foi adicionada uma ligação de padrão rodoviário com 4,4 quilômetros de extensão até a Avenida Papa João XXIII, em Mauá, que será duplicada para receber o novo tráfego proveniente do Rodoanel. Com a futura extensão da Avenida Jacu-Pêssego, essa ligação vai facilitar a chegada à zona leste de São Paulo e contribuir para a geração de empregos na região.
No trevo da Imigrantes, alças direcionais de grande capacidade permitirão manter a fluidez do tráfego das rodovias interligadas. Esse ponto, que atualmente absorve um pesado tráfego local, terá seu sistema viário remanejado.
O Rodoanel reduzirá o risco de acidentes com cargas perigosas, garantindo índices menores do que os registrados atualmente nas áreas urbanas. Esse fenômeno já acontece no Trecho Oeste.
O edital para a obra será publicado em abril, segundo o governo do estado.


24/03/2005

Fonte: PanoramaBrasil

 

Curso Licitações

17/04/2024

Arcoverde: Prefeitura é orientada a fazer licitação prévia para estrutura do São João

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomend...

17/04/2024

Prefeitura lança licitação para construção do Centro do Idoso, em Treze de Maio

A prefeitura de Treze de Maio lançou na última sem...

17/04/2024

Administração municipal de Barracão prepara lançamento da licitação da praça

A informação é do prefeito Jorge Luiz Santin, que ...

17/04/2024

Prefeitura publica licitação para construção da UBS do Jardim Andréa, a 36ª unidade de saúde..

Comprometida com a qualidade dos serviços de saúde...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita