Governador de AM contesta irregularidades em licitações


O governador do Amazonas, Eduardo Braga (PPS-AM), negou ontem a existência de fraudes em seu governo e pediu um aprofundamento das investigações da Polícia Federal.
"Eu aprendi muito lendo aquele processo [da Operação Albatroz] porque nunca na minha vida pensei que as pessoas seriam capazes do que eu li ali, mas não consigo ver a conexão do governo com esse rapaz [o deputado estadual Antônio Cordeiro (sem partido)]. A Polícia Federal tem de investigar a fundo essa questão", disse.
Braga afirmou que a PF foi irresponsável em divulgar nota na qual afirma que R$ 500 milhões foram desviados dos cofres públicas pela quadrilha. "Isso [citação de desvio nas licitações] maculou a imagem do Amazonas. A única coisa que eu tenho postulado é que ela [a PF] investigue com respeito aos direitos individuais das pessoas, à jurisdição e à autonomia do Estado", disse.
Segundo o governador, a Pointer e a Tetoplan, de propriedade do deputado Cordeiro, forneceram menos de 1,5% das compras do governo nos últimos 20 meses.
Eduardo Braga defende, após as eleições, a abertura de uma CPI pela Assembléia Legislativa do Amazonas para investigar as licitações dos últimos dez anos.


30/08/2004

Fonte: Folha de S.Paulo

 

Curso Licitações

19/06/2024

Licitação marcada: Município vai construir mais 32 pontos de ônibus

A prefeitura de Rondonópolis quer construir mais 3...

18/06/2024

Alep abre licitação de R$ 38 milhões para contratar agência de publicidade

A Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) abriu na...

18/06/2024

Prefeitura de Rio Preto abre licitação para compra de iluminação natalina

A Prefeitura de Rio Preto abriu licitação para a c...

18/06/2024

Prefeitura abre licitação para ampliar monitoramento por câmeras inteligentes em Votuporanga

A Prefeitura de Votuporanga abriu um processo de l...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita