Gautama e Beter participarão de licitação para a reforma de aeroporto


MACAPÁ - A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) realizou ontem (10) pregão eletrônico para a escolha da empresa que ficará responsável pela reforma da pista de pouso e decolagem do aeroporto de Macapá. Embora estejam sendo investigadas por causa de irregularidades em obras de aeroportos no Brasil, as empresas Gautama e Beter estavam inscritas para participar do processo.
O Tribunal de Contas da União (TCU) considerou a Gautama proibida de participar de licitações em obras do governo federal. A construção do aeroporto continua parada.

Obra
A reforma está orçada em 12 milhões de reais. A pista ganhará ranhuras (espaços para a água da chuva escoar com maior velocidade e os aviões ganharem mais aderência). A previsão para a conclusão dos trabalhos é de 180 dias.
O aeroporto não tem pista auxiliar para ser utilizada durante as obras. Os trabalhos acontecerão das seis horas da manhã ao meio-dia e das seis da tarde à meia-noite.


11/09/2007

Fonte: Portal da Amazônia

 

Avisos Licitações

01/01/2024

Cursos On Line AO VIVO - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública

O Curso On Line Ao Vivo da Nova Lei de Licitação e...

29/01/2024

Curso On Line - Ao Vivo de Formação de Analista de Licitação e Contratação Pública

O Curso de formação Analista de Licitação ONLINE A...

15/01/2024

Cursos Presenciais - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública - Florianópolis/SC

O Curso Presencial da Nova Lei de Licitação e Cont...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita