Estado e Município já utilizam pregão nas licitações


Campo Grande - Desde a publicação do Decreto n° 5.450/05 pelo governo federal, a partir de 1° de julho, é obrigatório para as compras governamentais a utilização da modalidade do pregão eletrônico. Segundo a Central de Compras do governo do Estado, no ano passado foram comprados cerca de R$ 15 bilhões, dos quais aproximadamente R$ 530 milhões foram adquiridos por pregão eletrônico e R$ 3,6 bilhões por pregão presencial. Do valor total empregado nas compras governamentais em 2004, cerca de R$ 8 bilhões poderiam ter sido utilizados com uso da modalidade pregão.
O modelo eletrônico de pregão existe há mais de quatro anos, mas, até a publicação do decreto, sua escolha facultativa.
A Prefeitura Municipal de Campo Grande regulamentou o pregão eletrônico para suas licitações em 1° de agosto, deste ano. As secretarias, fundos especiais, fundações e entidades ligadas à administração da prefeitura de Campo Grande utilizam a modalidade para aquisição de bens e serviços, conforme publicado Diário Oficial do município.
O pregão é visto como vantajoso para as licitações por ser uma modalidade mais rápida e barata, podendo em média ser de 15% a 30% mais econômico. A modalidade de licitação não é válida para contratações de obras e locação de imóveis.


09/08/2005

Fonte: Campo Grande News

 

Curso Licitações

28/05/2024

Prefeitura lança edital de licitação para obras de pavimentação de 32 ruas em Triunfo; obras..

A Prefeitura de Triunfo, lançou o edital de licita...

28/05/2024

Licitação para concessão de água e esgoto em Divinópolis será em julho

A Prefeitura de Divinópolis publicou o edital para...

28/05/2024

Lajeado Novo lança licitação milionária para material de escritório

A Prefeitura de Lajeado Novo anunciou um
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita