Empresa da Capital vence licitação do lixo por R$ 16,3 mi


A paulistana Equipev foi a vencedora do processo licitatório para contratação da empresa que executará o serviço de lixo em Catanduva pelos próximos cinco anos, período que poderá ser prorrogado pelo mesmo tempo. A Prefeitura pagará à empresa durante o período R$ 16.339.953,00, ou seja, R$ 272 mil por mês.
A abertura das propostas comerciais de nove empresas que participavam da licitação foi feita na manhã de ontem.
O presidente da Comissão de Licitações, João Agostinho Pereira, explicou que o edital previa custo estimado de R$ 24,5 milhões.
As empresas participantes apresentaram propostas que variaram entre R$ 16,3 e R$ 20,5 milhões. A Equipev venceu por uma diferença de R$ 531.444,00 a Arclan, empresa que executa com contrato emergencial o serviço de lixo no município atualmente.
A Equipev deverá realizar, além do serviço de coleta de lixo domiciliar, os de varrição de rua, roçada e capina, operação do aterro sanitário da cidade e operação do lixão, que deverá ser desativado com a construção do aterro.
O edital, datado de 2005, prevê que a cidade produz aproximadamente 3.200 toneladas de lixo domiciliar por mês. O documento estipula que a empresa vencedora deverá executar o serviço de coleta com intervalo máximo de 72 horas, sendo que haverá serviço de coleta nos finais de semana em bares e restaurantes.
Apenas para a coleta de lixo domiciliar, orçado em R$ 11.520 milhões, a empresa deverá dispor de seis caminhões. A varrição de ruas e a coleta de lixo hospitalar e ambulatorial terão um veículo cada.

Licitação estava indefinida desde gestão petista
A licitação do lixo, da modalidade concorrência 02/05, está em curso desde o início da gestão do atual prefeito, Afonso Macchione Neto (PSDB). De acordo com o secretário de Negócios Jurídicos, Ricardo Aparecido Hummel, a Arclan atua com contratos emergenciais desde o último ano do governo do ex-prefeito Félix Sahão Júnior (PT). A concorrência de 2005 teve os envelopes de documentos abertos no ano passado, quando seis empresas foram julgadas habilitadas a participar da licitação. Outras três empresas entraram com recursos e foram habilitadas também.
A proposta da Equipev deverá ainda receber pareceres do secretário de Obras e Serviços, Alfredo Minervino Neto, e do prefeito Afonso Macchione Neto. “Assim que os pareceres forem dados, a empresa será notificada a começar o serviço imediatamente, assim como a Arclan, que atua hoje, será notificada a respeito do início do trabalho da Equipev”, comentou Hummel.


10/07/2007

Fonte: Notícia da Manhã (Catanduva/SP)

 

Avisos Licitações

21/02/2024

Prefeitura de Coremas lança licitação de mais de R$ 800 mil para comprar pneus

A Prefeitura de Coremas lançou uma licitação de ma...

20/02/2024

PBH publica edital para construção de espaço de convivência no Padre Eustáquio

A Prefeitura de Belo Horizonte abriu licitação pa...

21/02/2024

DAE abre licitação para ampliação e construção de elevatórias de esgoto

A DAE Jundiaí abriu licitação para ampliação e ade...

21/02/2024

Cruzeiro do Sul fará nova licitação para coleta de lixo

A falta de lixeiras e alguns containers danificado...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita