Edital de licitação para linhas do DATC está praticamente pronto


Rio Grande - RS - Faltando menos de dois meses para ser aberta a licitação às linhas pertencentes ao Departamento Autárquico dos Transportes Coletivos (DATC), atualmente realizadas pelas empresas Cotista e Noiva do Mar, depois de um acordo emergencial firmado entre o Executivo e estas, nenhuma posição a respeito foi anunciada pela Prefeitura até agora.
Mas segundo o secretário de Segurança, dos Transportes e do Trânsito, Enoc Guimarães, o edital de licitação está praticamente concluído, faltando apenas o resultado de uma consultoria que está sendo desempenhada por professores da Fundação Universidade Federal do Rio grande (Furg), especialistas em trânsito. "Este estudo abordará exclusivamente a linha que será licitada - Parque Marinha, no qual serão apontados horários, itinerários e fluxo de passageiros. São dados importantes e que a secretaria não dispõe com precisão", explica Guimarães.
De acordo com ele, o futuro do DATC ainda não foi definido, mas tudo indica que a autarquia não fará mais o transporte coletivo urbano de Rio Grande. "Não há nada definitivo até o momento, mas como não foram apontadas soluções, o mais provável é que as linhas sejam licitadas", diz o secretário. O acordo emergencial encerra no dia 27 de outubro deste ano.
A comissão formada na audiência pública, realizada em abril, tem como objetivo analisar dados e números do DATC além de apontar alternativas e soluções para que não ocorra a extinção da autarquia.
Já o Sismurg, através do seu presidente, João Lopes, e integrante da comissão, diz que foram analisados vários dados e que a melhor alternativa seria o investimento por parte do Município, através da compra de novos ônibus e contratação de pessoal.
Mas o Município, segeundo o secretário, não tem como realizar este investimento. "Para que o DATC não pare suas linhas urbanas é necessário um grande investimento, que fará falta em outras áreas como a saúde e a educação".
A maioria dos funcionários do DATC foram remanejados para outras secretarias e os ex-cobradores tornaram-se guardas municipais.

Bilhetagem eletrônica
O sistema de bilhetagem eletrônica que visa controlar passagens e usuários está sendo estudado para que faça parte da licitação de outubro. De acordo com Enoc, uma das exigências à empresa que ganhar a licitação será a implantação de tal sistema. "Desde o início pensamos em exigir da empresa vencedora o sistema de bilhetagem eletrônica. Mas como isso exigirá a adaptação das outras empresas, envolvendo investimentos. Por isso, esta exigência ainda está sendo discutida", ressalta Enoc.


03/09/2005

Fonte: Jornal Agora On Line

 

Curso Licitações

07/02/2023

Loteria Mineira publica edital de licitação para concessão da exploração de jogos

Foi publicado no Diário Oficial do Estado desta te...

06/02/2023

Prodest começa licitação para expandir ações de Service Desk nos órgãos estaduais

O Instituto de Tecnologia da Informação e Comunica...

06/02/2023

Prefeitura abre licitação por área de 1,7 mil metros quadrados no Parque dos Poderes

No dia 06 de março de 2023, às 9h, a Prefeitura Mu...

06/02/2023

Aberta licitação para construção de novos fóruns digitais

Foi publicada no Diário da Justiça, a abertura da ...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita