DER garante licitação para projeto do Contorno Oeste


Cascavel - O diretor-regional do Departamento de Estradas e Rodagem (DER), Milton Podolak, rejeita completamente o "antigo projeto" para a criação do Contorno Oeste, mas confirma que haverá a abertura de licitação para a tão esperada obra. "Queremos o processo de concorrência pública o mais rápido possível para que a empresa contratada possa assumir os trabalhos. Isso é necessário, já que o projeto existente é inexeqüível para as atuais dimensões da cidade", explica.
Desenvolvido em 1988, o modelo para a construção do Contorno Oeste ficou totalmente inadequado. A expansão territorial da cidade inviabilizou o plano, que prevê a criação da estrada que desvia o tráfego rodoviário do perímetro urbano. A morosidade para por o plano em prática e a falta projeções futuras da obra fizeram com que o DER descartasse o documento definitivamente.
Conforme Podolak, se a rodovia fosse construída nos moldes do projeto existente, a obra iria passar por dentro do bairro Paulo Godoy, atravessando um cemitério particular da cidade e ainda "desembocaria" no complexo industrial Mascarello. "Para que não ocorra um futuro comprometimento dos limites da cidade com a estrada, o DER quer uma rodovia que tenha início na 467 e termine no trevo de Capitão Leônidas Marques (na BR-277) próximo a PRT-163 que liga as regiões Oeste e Sudoeste do Estado", salienta.
Podolak garante que o DER, através do governo do Estado, tem agilizado o plano para iniciar os trabalhos o mais rápido possível. A idéia visa resolver definitivamente a situação, para evitar a obrigatória volta dos motoristas pela região Norte de Cascavel.
Parceria
Ainda segundo o diretor do DER, o novo projeto do Contorno Oeste foi realavancado pelo prefeito Lísias Tomé, que "tem se preocupado com o crescimento da cidade e com o fluxo dos veículos no perímetro urbano das rodovias que cortam Cascavel". Milton Podolak lembra que o apoio da administração municipal está sendo fundamental para o início do projeto. "A Secretaria de Planejamento do Município está participando das discussões que visam melhorar não apenas o fluxo dos veículos nas rodovias pelo perímetro urbano, mas também a segurança da população", diz.
Além da negociação entre município e governo do Estado, o prefeito Lísias ainda discute a questão com os órgãos federais, por intermédio de empresários da região, a fim de antecipar a construção do contorno.
Valores
De acordo com o secretário de Planejamento do Município, Luiz Alberto Círico, há poucos dias um empresário da região esteve em contato direto com o ministro dos Transportes, em Brasília, que garantiu recursos (na totalidade), através do governo federal, para a construção da obra. A estimativa é de que pelo menos R$ 25 milhões sejam gastos nos 15 quilômetros de estrada e construção das alças de acessos e viadutos. "Os recursos federais são fundamentais para a construção da obra", conclui Podolak.


02/08/2005

Fonte: Gazeta do Paraná

 

Curso Licitações

07/02/2023

Loteria Mineira publica edital de licitação para concessão da exploração de jogos

Foi publicado no Diário Oficial do Estado desta te...

06/02/2023

Prefeitura abre licitação por área de 1,7 mil metros quadrados no Parque dos Poderes

No dia 06 de março de 2023, às 9h, a Prefeitura Mu...

06/02/2023

Aberta licitação para construção de novos fóruns digitais

Foi publicada no Diário da Justiça, a abertura da ...

06/02/2023

Licitações para construção de duas unidades básicas de saúde são relançadas

A prefeitura lançou, mais uma vez, duas licitações...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita