DAE abre licitação para projeto da ETE


O Departamento de Água e Esgoto (DAE) de Bauru abriu licitação para contratar empresa que será responsável pela elaboração do projeto executivo da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), que será construída em área de quatro alqueires, próxima ao Distrito Industrial I. O edital de licitação foi publicado hoje no Diário Oficial de Bauru (DOB).
O projeto executivo é o que estabelece as diretrizes para que a obra seja realizada. Segundo o presidente do DAE, José Clemente Rezende, o projeto vai dizer como a estação será construída, quais os materiais necessários para a obra, a projeção de valores, entre outras coisas. “Nós já temos o projeto básico e falta o projeto executivo que vai definir o que será necessário para a construção da estação”, explicou.
A expectativa, de acordo com Clemente, é que em 45 dias sejam abertos os envelopes e a empresa seja contratada. “A partir daí, a empresa tem seis meses para elaborar o projeto executivo”, disse. Ele destacou também que a intenção da administração é que no início de 2007 já tenha contratado a empresa que vai realizar a obra. “Queremos licitar a obra em dezembro, para que no começo do ano que vem a empresa já esteja contratada”, frisou.
A Estação de Tratamento de Esgoto deve custar em torno de R$ 50 milhões, e vai ser custeada com os recursos do fundo de tratamento de esgoto, aprovado pela Câmara Municipal de Bauru no mês passado. Além da estação nas imediações do Distrito Industrial I, o DAE vai construir uma estação de menor porte na região do Núcleo Gasparini, esta com projeto próprio da autarquia.
Com a criação do fundo, a cobrança da tarifa de esgoto passou de 60% para 100% do valor do consumo de água. A nova tarifa vai ser cobrada a partir do próximo mês. O valor máximo pago por 68% dos consumidores destinado ao tratamento será de R$ 6,58, isso para quem gastar até 20 mil litros de água por mês. Os consumidores comerciais e industriais vão pagar com base em uma tabela que estabelece faixas de valores de acordo com o consumo em Reais.

Visita às obras
O prefeito Tuga Angerami (sem partido) e o presidente do DAE, José Clemente Rezende, visitam hoje às 10h, as obras de implantação de interceptores de esgoto no Córrego Água do Sobrado, na quadra 6 da Rua Mara Lúcia Vieira. Durante a visita, Angerami e Clemente devem anunciar os investimentos que o DAE fará em 2006.
A meta do DAE é executar, nesta primeira fase, 1.140,30 metros de tubulação de 400 mm de diâmetro. Segundo Clemente, a próxima etapa das obras prevê a implantação de mais 3.612,60 metros de interceptores de 250 a 700 mm de diâmetro, que somam 4.752,90 metros de tubulações, retirando os esgotos de toda a extensão do córrego, até as proximidades do Jardim Jussara. Esta segunda etapa depende da aquisição do material necessário, por meio dos recursos arrecadados através do fundo de tratamento de esgoto.
O presidente do DAE adianta que também está programada a canalização de trechos importantes dos córregos Água da Ressaca e Vargem Limpa/Tangarás, totalizando 11.103,72 metros de interceptores ainda neste ano. A pretensão é que as obras de canalização dos córregos seguirão para que um terço dos esgotos da cidade sejam tratados em cerca de dois anos.


18/05/2006

Fonte: Jcnet

 

Avisos Licitações

24/06/2024

Paraíso do Tocantins prepara licitação para iluminação em LED do estádio Antônio Damião

A Prefeitura de Paraíso do Tocantins informou na s...

23/06/2024

Publicado aviso de licitação para reforma da UMS Abadia

Publicado aviso de licitação para reforma da Unida...

23/06/2024

Marília terá unidade do PPP Novas Escolas; edital de licitação já saiu

Acidade de Marília foi contemplada com unidade do ...

21/06/2024

Licenças ambiental e de construção de condomínio industrial de Castanhal terão licitação integrada

Após o segundo processo de licitação, sem uma empr...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita