Correios prepara reforço da segurança


Visando reforçar a segurança nas agências de Correios da região, a Diretoria Regional dos Correios - Interior de São Paulo (DRC-I/SP) deve instalar sistemas de segurança mais eficazes nas unidades.
A medida ocorre depois que o Sindicato dos Empregados dos Correios de Bauru e Região (Sindtecteb) fez um acordo com o órgão para vistoriar e determinar o risco que corre cada uma das unidades instaladas nas 197 cidades do Interior, pertencentes a Regional.
O acordo foi firmado em maio deste ano, logo depois que o sindicato conseguiu, na Vara de Trabalho de Ourinhos, medida cautelar de antecipação de tutela em que obrigava os Correios a instalarem sistemas de segurança em agências da cidade.
“Isso foi feito por força de uma liminar, uma ação que nós impetramos na Justiça e ganhamos. Ela (a Justiça) exigia que a empresa contratasse segurança armada, colocasse todas os equipamentos de segurança. O juiz entende que, a partir do momento que os Correios executam os serviços de bancos tem que ter as mesmas garantias que dá a lei nº 7.102.83, que estabelece os itens de segurança necessários”, revela José Aparecido Gimenes Gandara, presidente do sindicato.
Dessa forma, para determinar o eventual risco de cada agência, a DRC-I/SP, em conjunto com o Sindtecteb, realizou, durante quatro meses, visitas às unidades da região. No total, 209 agências de 197 cidades foram visitadas. Essas agências compõem as regiões operacionais de Bauru, Botucatu, Araçatuba e Presidente Prudente.
“Nós estamos analisamos todos os relatórios que fizemos em conjunto com a empresa. Ela está fazendo as licitações novamente e existe prazo para entregarmos o relatório para o juiz de Ourinhos e, a partir daí, ele deve estabelecer prazo para que as câmeras sejam instaladas”, explica Gandara. Segundo ele, nas 53 unidades da regional de Araçatuba e nas 48 de Botucatu já foram instaladas as câmeras.
De acordo com a assessoria de imprensa dos Correios, nos últimos cinco anos, a Estatal tem investido na instalação de cofres de retardo, sistema de alarme, vigilância e sistema de gravação de imagem com monitoramento. O objetivo é evitar que as agências sejam alvos de eventuais assaltos, fato ocorrido em algumas agências da região.
Nas agências mais visadas estão sendo alocados, segundo a assessoria, postos de vigilantes e no próximo ano várias unidades devem receber porta giratória com detetor de metais. A idéia é deixar as agências com estrutura semelhante aos dos bancos, no que se refere à medidas de segurança.
Gandara ressalta que a preocupação do sindicato é com a segurança dos funcionários. “Quando tem um assalto na unidade, o Correio abre sindicância ou processo administrativo. A segurança que os Correios estavam colocando é em cima do patrimônio e não dos empregados. A preocupação do sindicato é com os trabalhadores, além dos clientes”, comenta.
Segurança
A assessoria dos Correios lembra que, além das medidas em andamento para garantir a segurança dos funcionários, as agências estão realizando treinamento para capacitação de segurança pessoal e patrimonial aos seus empregados e também estão fazendo acompanhamento sistemático e análise diária das ocorrências delituosas praticadas contra os Correios.
Para isso, a empresa mantém contato permanente com os diretores das Deinter, delegados seccionais de polícia, comando da Polícia Militar (PM) e com as autoridades policiais dos municípios que acompanham as ocorrências registradas nas agências dos Correios.
As decisões são adotadas com base na Matriz de Risco, ferramenta que, segundo a assessoria, possibilita avaliação técnica das necessidades de equipamentos de segurança em suas milhares de unidades de atendimento, tratamento e distribuição e que estabelece critérios para a alocação de recursos de segurança, avaliando, além da relação custo x benefício, a possibilidade técnica da implantação.
No total, 209 agências compõem as regiões operacionais de Bauru, Botucatu, Araçatuba e Presidente Prudente.


09/12/2006

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru (SP)

 

Avisos Licitações

23/02/2024

Governo ES realiza Concurso Público: Ceasa-ES abre licitação para banca examinadora

Nesta última sexta-feira (23), a Ceasa-ES anunciou...

24/02/2024

Governo faz dispensa de licitação de R$ 225,6 milhões em programa de assistência técnica rural

O governo do estado convocou entidades de assistên...

23/02/2024

Prefeitura anuncia licitação para construção do Centro Administrativo

No dia 21 de fevereiro de 2019, Ribeirão Preto con...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita