Compra de medicamentos


Através de concorrência pública na modalidade registro de preços, a Prefeitura de Três Lagoas conseguiu economizar R$ 618.658,66 na aquisição de medicamentos para suprir a demanda da Secretaria de Saúde pelo período de 12 meses. Com base em pesquisas de preço, a previsão inicial do Departamento de Licitação e Compras, conforme informou o assessor Hélio Manggialardo, era gastar em torno de R$ 2.250.000,00 na aquisição dos medicamentos, entretanto, foi possível comprar todos os 245 itens necessários ao custo de R$ 1.631.342,34. Até então, esses produtos eram adquiridos pelo processo carta-convite, o que não atendia à necessidade da Saúde. De acordo com Manggialardo, através desta modalidade a prefeitura gastava uma média de R$ 250 mil por mês. A serem entregues mensalmente, os remédios terão preço fixo durante os 12 meses. A única possibilidade de majoração no valor é no caso de variação cambial ou mudanças na economia nacional que justifique a alteração. Representando os Estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso do Sul, dez laboratórios participaram da concorrência, sendo que apenas dois foram inabilitados.


04/07/2005

Fonte: Correio do Estado (MS)

 

Curso Licitações

07/10/2022

Cursos Presenciais - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública

O Curso Presencial da Nova Lei de Licitação e Cont...

03/02/2023

MPF divulga pregão eletrônico para aquisição de água mineral para unidade no PI

O Ministério Público Federal (MPF) torna público o...

03/02/2023

Licitação para ampliação do aeroporto de Cachoeiro pode sair neste ano

O projeto de reforma e ampliação do Aeroporto Muni...

03/02/2023

Raquel Lyra abre nova licitação de R$ 303 milhões. Saiba para qual finalidade

O Governo do Estado abriu uma licitação de R$ 303....
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita