Chuvas: Verba federal para reconstrução


Rio - O governador Sérgio Cabral anunciou neste domingo que a recuperação das estradas estaduais destruídas pela chuva — que causou a morte de 26 pessoas desde o início do ano— vai custar R$ 35 milhões. Do total, R$ 12 milhões serão destinados à conclusão da nova ponte sobre o Rio Paraíba do Sul, no Centro de Campos. A previsão é de que em 40 dias a nova ponte possa ser opção para os motoristas que viajam pela BR- 101, que está enterditada desde sábado devido a risco de desabamento na ponte General Dutra. Ontem o nível de água do Rio Paraíba do Sul desceu de 11,60m para 10,40m. Três bairros do município continuaram alagados.
Cabral e o ministro de Integração Nacional, Pedro Brito do Nascimento, se reuniram ontem, em Nova Friburgo, com 25 prefeitos das 26 cidades atingidas. Os recursos para as obras nas estradas serão solicitados ao governo federal. A expectativa é que o dinheiro seja liberado em 48 horas, pelo presidente Lula por meio de medida provisória.
O vice-governador e secretário estadual de Obras, Luiz Fernando Pezão, vai coordenar a força-tarefa para recuperação dos municípios. Hoje, ele se reúne com prefeitos no Palácio Guanabara, para concluir o levantamento dos estragos causados pela chuva. Segundo Cabral, o dinheiro necessário para o socorro imediato das vítimas, como colchonetes, alimentos e medicamentos, já foi liberado pelo ministério de Integração Nacional.
O ministro Pedro Brito lembrou que a situação exige rapidez e que a ajuda federal chegará logo. “A reunião foi bastante produtiva. Saímos com a idéia do que precisamos fazer. Agora, é necessário dimensionar os recursos com mais exatidão”, disse Pedro Brito. Esse detalhamento será feito na reunião de hoje, no Rio.
O prefeito de Campos, Alexandre Mocaiber, não participou do encontro devido aos graves problemas registrados na cidade. Antes do encontro, Cabral e Brito visitaram no loteamento Floresta, um dos mais atingidos, onde três crianças da mesma família morreram em um deslizamento.
Rio-Bahia é alternativa à BR-101
Por causa da interdição da ponte General Dutra na BR-101, em Campos, os motoristas que seguem do Rio para o Nordeste do País ou vice-e-versa devem optar pela BR-116 (Rio-Bahia). Também sobre o rio Paraíba do Sul, a ponte Saturnido Braga, em Campos, foi liberada neste domingo, mas apenas para veículos leves (carros de passeio e vans).
O superintendente do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes do Rio (Dnit-RJ), Rodrigo Costa, informou que a General Dutra deve ser recuperada em três meses. “Já estamos fazendo o orçamento. O Ministério dos Transportes vai liberar verba de emergência. Queremos começar as obras já nessa semana”, conta. Hoje, o ministro dos Transporte, Paulo Sérgio Passos, fará reunião sobre as demandas das rodovias federais no Rio por causa das chuvas dos últimos dias.
As obras na BR-356 (Campos-Itaperuna), que cedeu devido à invasão do rio Muriaé, também estão previstas para começar esta semana e ficarão prontas no máximo em seis meses. O superintendente do Dnit também anunciou que vai começar imediatamente a construção da ponte do Contorno, em Campos. A obra, que já foi licitada, vai reduzir o fluxo de veículos da BR-101 no Centro do município, oferecendo nova alternativa de via para os moradores. O prazo de conclusão é de um ano.


08/01/2007

Fonte: Dia On Line

 

Curso Licitações

29/02/2024

Licitações abertas para reformas da Praça Duque de Caxias e do Teatro Municipal

A Prefeitura de Vila Velha avança em uma etapa imp...

28/02/2024

Após questionamentos do TCE, Coden reabre licitação milionária para o lixo

A Coden Ambiental reabriu nesta semana a licitação...

27/02/2024

Licitação da Escola Piquiri finalmente será publicada em março

A comunidade do Piquiri, interior de Cachoeira do ...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita