CER realiza sete licitações por mês para levar energia elétrica ao interior


Com a meta de levar energia elétrica para todas as localidades até 2008, conforme prevê o Programa Luz para Todos, do Governo Federal, a Companhia Energética de Roraima (CER) realiza, todo mês, uma média de sete licitações para tomada de preços, concorrência pública e pregão (modalidades regidas pela Lei 8666). Essas licitações são para a contratação de empresas que trabalhem na construção de linhas de distribuição rural.
As últimas publicações ocorreram nesta semana, para a construção de linhas de distribuição rural nos municípios de Mucajaí, Caracaraí e ainda nas vicinais Miraval e Tronco-Tamandaré, no Município de Mucajaí.
O diretor-presidente da CER, Eduard Kummer, informou que a construção das linhas de distribuição nessas localidades deverá ocorrer dentro de 15 dias e o prazo para conclusão, como sempre ocorre, é de 90 dias. Nas vicinais, a expectativa é atender aproximadamente 60 famílias em cada comunidade.
No Programa Luz para Todos, a localidade mais avançada com energia rural é o Cantá. Mas Kummer informou que há instalação de linhas em todo o interior. As próximas licitações para atender outros locais com a instalação de linhas de distribuição rural obedecem, segundo ele, ao critério de necessidade. “O processo é gradativo, mas até 2008 toda localidade rural terá energia elétrica”, disse.
Conforme explicou, antes de abrir processo licitatório, é feito um levantamento nas localidades, verificando o número de moradores e depois de verificado grau de necessidade é aberto o procedimento.
No programa, o morador recebe um kit montado e não desembolsa nenhum valor para adquiri-lo. Nesse kit estão incluídos a linha, transformador, tomadas e lâmpadas.
O programa já atendeu a 2.500 famílias no interior, que segundo Kummer, juntamente com o direito de ter a energia elétrica em sua casa, puderam também ter melhores condições de produzir para o Estado. “Os agricultores, por exemplo, podem comprar equipamentos para agilizar a produção de farinha”.
Somente entre os meses de maio e junho, através da modalidade de licitação Pregão, o Estado economizou R$ 1.298,00, segundo Eduard Kummer. Ele explicou que o Pregão é uma espécie de leilão, quando são escolhidos os dois melhores preços (os mais baixos), e a partir daí é aberta concorrência verbal, onde ganha quem apresentar o menor preço.


20/10/2006

Fonte: Folha de Boa Vista (RR)

 

Curso Licitações

20/04/2024

Prefeitura de Gurupi publica licitação para construção da nova Rodoviária

Foi publicado na edição do Diário Oficial de Gurup...

20/04/2024

Governo vai construir mais 11 pontes de concreto em todo o Estado

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logísti...

20/04/2024

Prefeitura de Caxias abre nas próximas semanas licitação para implantar telemedicina

A Prefeitura de Caxias do Sul abre nas próximas se...

20/04/2024

Prefeitura insiste na revitalização do Bariri: nova licitação já foi publicada

Publicada a nova licitação para a construção do Pa...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita