Cemig licita os lotes do Luz Para Todos


Belo Horizonte - A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) abriu ontem as propostas comerciais para a construção de 55 mil quilômetros de rede de distribuição na zona rural do estado, obras que fazem parte do programa federal "Luz Para Todos". Três empresas participaram da licitação e o resultado preliminar aponta, novamente a Odebrecht, por meio de sua subsidiária CBPO, como a principal vencedora. A empresa deverá ficar com os dois lotes ofertados. As Construtoras Andrade Gutierrez e Queiroz Galvão serão responsáveis pelo trabalho em outros dois lotes. Os valores ofertados pelas companhias ultrapassaram em 4,7% o referencial determinado pela Cemig de R$ 1,275 bilhão.
A primeira licitação do Programa Luz Para Todos foi desqualificada pela estatal mineira, no final de janeiro. É que a Cemig considerou o valor ofertado muito acima do referencial já que propostas somadas superaram em R$ 136 milhões o preço determinado. Neste processo participaram a CBPO, Andrade Gutierrez, Queiroz Galvão e Camargo Corrêa.
Para a realização das obras nas regiões do Triângulo Mineiro, Noroeste e Leste de Minas, a CBPO propôs recursos da ordem de R$ 656 milhões. Já a Andrade Gutierrez, que teria vencido a licitação para o trecho que engloba o Sul de Minas, Zona da Mata e Serra da Mantiqueira, ofertou R$ 292,6 milhões. E a Queiroz Galvão R$ 326,1 para a construção da rede de distribuição no Norte de Minas. Neste processo a Camargo Corrêa não foi contemplada. Segundo a Cemig, a construtora não enviou outra proposta para a nova licitação, alegando que não mais poderia reduzir os valores ofertados.
Para participar da licitação para o programa Luz Para Todos, o edital determinou que as empresas deveriam apresentar um faturamento três vezes superior ao valor do contrato oferecido. Com isso, grupos menores não puderam entrar na disputa. Duas empresas que apresentaram a documentação para habilitação, a Selt e a Unicoba, foram desqualificadas na primeira fase. O Luz Para Todos prevê a oferta de energia para 142 mil pessoas na zona rural do estado.


16/02/2005

Fonte: Gazeta Mercantil

 

Avisos Licitações

07/10/2022

Cursos Presenciais - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública

O Curso Presencial da Nova Lei de Licitação e Cont...

03/02/2023

Raquel Lyra abre nova licitação de R$ 303 milhões. Saiba para qual finalidade

O Governo do Estado abriu uma licitação de R$ 303....

02/02/2023

Lajeado publica chamamento público para revitalização e operação do Parque Histórico

O Executivo publicou no Diário Oficial o chamamen...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita