Câmara Economiza com Pregão Eletrônico


No período de janeiro de 2006 a agosto deste ano, a Câmara dos Deputados registrou uma redução de custos de 21,87% em relação ao valor estimado para suas compras e contratação de serviços. Em 2007, dos 41 milhões de reais gastos em contratos, 96,8% aconteceu via pregão eletrônico. Os números fazem parte do relatório da Comissão Permanente de Licitação (CPL) da Câmara dos Deputados. Tal economia foi possível graças ao pregão eletrônico, modalidade de licitação pela qual os concorrentes apresentam, via Internet, lances sucessivos e decrescentes de preços, barateando de forma expressiva o preço final do produto. O pregão permite maior concorrência, transparência e rapidez, gerando economia ao serviço público e diminuindo os custos das licitações, além de beneficiar as microempresas e empresas de pequeno porte, que têm preferência nas aquisições na administração pública (LC 123/06). Isso porque, com a licitação pela Internet, as empresas não sabem quais ou quantas estão concorrendo, proporcionando maior competitividade porque empresas de todo o Brasil podem participar. "Podemos ter empresas de Rondônia e Porto Alegre numa mesma concorrência", exemplifica o coordenador da CPL, José Martinichen. Projeto de lei Com o objetivo de estender o pregão eletrônico a toda a administração pública, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou em maio o Projeto de Lei 779/07, do Poder Executívo, que prioriza o pregão entre as modalidades de licitação usadas pelo Poder Público e aumenta os valores máximos para essas modalidades. A matéria faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e ainda será votada no Senado. Veículos.
Esta semana, a Câmara dos Deputados abriu espaço para economizar com pregão eletrônico na troca dos veículos destinados a atender os membros da Mesa Diretora, que tinham mais de 10 anos de uso. Dos onze veículos licitados através do pregão eletrônico, seis são Ford Fusion 2.3 L adquiridos ao preço total de 443.400 reais (73.900 reais a unidade). A Câmara fez uma pesquisa no mercado de automóveis levando em conta as características dos tipos de veículos requeridos no edital de licitação e constatou que, em média, o preço estimado na compra dos seis veículos seria de 502.470 reais (83.745 reais a unidade). Haverá, se concluída a licitação, uma economia de 59.070 reais. Transparência Toda a transação do pregão eletrônico da Câmara pode ser acompanhada, em seus detalhes, por qualquer cidadão que tenha um computador e acesso à Internet. Para isso, basta acessar essa página. Até mesmo a conversa virtual entre os licitantes e o pregoeiro, o chat, é publica e facilmente acessível. Se o pregão estiver acontecendo, basta clicar na caixa "Pregões em Andamento". Se já tiver finalizado, veja "Pregões em Homologação" que expõe todos os detalhes da transação. Tudo de fácil consulta, inclusive com uma agenda do pregões a serem realizados. Adiada votação de projeto sobre pregão eletrônico Pregão para compra de kits telecentro Governo economiza com pregão eletrônico Hospital paulista economiza R$ 720 mil com pregão Benefícios do pregão eletrônico Pregão eletrônico gera economia de mais de R$ 1 bi Pregão eletrônico economiza R$ 637,8 milhões em 2006 .


10/10/2007

Fonte: B2B Magazine

 

Curso Licitações

01/01/2024

Cursos On Line AO VIVO - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública

O Curso On Line Ao Vivo da Nova Lei de Licitação e...

29/01/2024

Curso On Line - Ao Vivo de Formação de Analista de Licitação e Contratação Pública

O Curso de formação Analista de Licitação ONLINE A...

15/01/2024

Cursos Presenciais - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública - Florianópolis/SC

O Curso Presencial da Nova Lei de Licitação e Cont...

01/03/2024

Prefeitura obtém orientação da CBB e abrirá nova licitação para trocar piso do Moringão

Após conseguir obter uma normativa técnica expedid...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita