Braskem lança licitação no valor de R$ 330 milhões


São Paulo - Time de 37 Transportadoras foi selecionado para disputar operação de 100 mil viagens. A Braskem está selecionando empresas para compor pelos próximos dois anos seu novo time de transportadores. A pré-seleção, já feita, envolveu um total de 58 fornecedores convidados. Após um processo de eliminação, ficaram 37 semifinalistas. Até meados de fevereiro será conhecido o quadro final de transportadores que dividirão um negócio orçado em R$ 330 milhões - número que a Braskem projeta gastar por ano na distribuição rodoviária de resinas termoplásticas a partir de suas bases para os mercados consumidores.
Os semifinalistas se enquadraram nas várias exigências da Braskem, entre elas ter certificado Sasmaq (sistema de avaliação de segurança, meio ambiente e qualidade), disponibilidade de colocar 80% de frota própria na operação. "Antes exigíamos 50% de frota própria. Mudamos o formato para melhorar a qualidade e ficarmos menos suscetíveis às variações do mercado spot", disse Elton Pássaro, gerente de logística da empresa que está licitando um total de 200 rotas - 55% das quais representam 91% da tonelagem. A Braskem utiliza na operação de distribuição de resinas um total de 400 caminhões por dia, que realizam 100 mil viagens anuais com distância média de 1,4 mil quilômetros/viagem. O veículo empregado na operação é formado de cavalo-mecânico que traciona carreta sider (lonada) de três eixos.

Centros logísticos
A licitação coincide com a inauguração, mês passado, de dois centros logísticos em Triunfo (RS) e Maceió, localizados ao lado das fábricas da Braskem nessas duas cidades. O centro, uma parceria com a Ballylog, operadora logística e BR Distribuidora, reúne serviços de apoio aos motoristas e abrigará filiais dos transportadores selecionados pela Braskem. A partir do Celog o transportador faz o plano de viagem, emite o conhecimento do frete. Nesses centros - um terceiro será inaugurado em 2007 em Camaçari (BA), os motoristas vão receber apoio técnico e mecânico, orientação psicológica e de saúde. Os centros, além de postos de combustíveis, têm borracharia, oficina mecânica, banheiros, chuveiros com água quente, fraldário, cozinha equipada, restaurantes, lojas de conveniências, áreas de lazer infantil e infra-estrutura de apoio para a acomodação das famílias, que muitas vezes viajam com os motoristas.

Perfil das entregas
"Estamos mudando o conceito. Antes, tínhamos 24 transportadoras que operavam em regime de pool, sem rota fixa. Agora, teremos em torno de 30 fornecedores, com rotas fixas e dedicadas. O objetivo final é ter um serviço personalizado. Ou seja, quando houver uma reclamação do cliente, saberemos exatamente a qual fornecedor de transporte nos dirigir para resolver o problema".
O transporte de resinas termoplásticas da Braskem, em 70% dos casos, tem como destino o endereço do cliente. Nas 30% viagens restantes a descarga é feita em centros de distribuição, gerando a posterior entrega.


06/02/2006

Fonte: Gazeta Mercantil

 

Curso Licitações

07/02/2023

Estado vai investir R$ 30 milhões na reforma de pontes e viadutos no noroeste e centro-oeste

O DER/PR, Departamento de Estradas de Rodagem, abr...

06/02/2023

Prodest começa licitação para expandir ações de Service Desk nos órgãos estaduais

O Instituto de Tecnologia da Informação e Comunica...

06/02/2023

Prefeitura abre licitação por área de 1,7 mil metros quadrados no Parque dos Poderes

No dia 06 de março de 2023, às 9h, a Prefeitura Mu...

06/02/2023

Aberta licitação para construção de novos fóruns digitais

Foi publicada no Diário da Justiça, a abertura da ...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita