BB investe R$ 13 milhões em centro cultural.


Recife - Até o final do ano o Banco do Brasil abrirá licitação para a realização de obras destinadas à restauração, ampliação e modernização da antiga estação central ferroviária de Pernambuco, construída pela inglesa Great Western em 1888, com projeto do arquiteto mineiro Herculano Ramos, onde será instalado o primeiro centro cultural da instituição no Nordeste. O banco vai investir R$ 13 milhões no projeto. Quando concluído, em outubro de 2005, absorverá R$ 10 milhões anuais na pauta de eventos e serviços de manutenção.
Atualmente o prédio, cujas linhas se assemelham às gares francesas, abriga o terminal do metrô, por onde transitam diariamente 20 mil pessoas. Esse número vai crescer substancialmente quando o governo federal concluir as atuais obras de duplicação das linhas do metrô.
O gerente executivo da diretoria de marketing e comunicação do Banco do Brasil, Carlos Alberto Araújo Netto, prevê que no Recife deverá se repetir o processo registrado no Rio de Janeiro e em São Paulo onde as instalações dos centros culturais do BB estimularam empreendimentos públicos e privados em seu entorno, gerando novos negócios pertinentes com as iniciativas culturais e de turismo como restaurantes, cafés, e espaços de artes.
A antiga estação central de Pernambuco é tombada pelo patrimônio histórico e suas linhas arquitetônicas serão mantidas. O centro cultural ocupará uma área de mais de mil metros quadrados com espaços para exposições, sala de projeção com 150 lugares, teatro com 250 cadeiras, museu ferroviário, loja de produtos culturais, restaurante e bomboniere.
O diretor do projeto no Recife, Kleuber Pereira, disse que o centro cultural será muito importante para a revitalização do antigo centro da capital. O grande movimento de pessoas no metrô converge com a filosofia do projeto "que é a ampla democratização de acesso para todas as classes sociais, inclusive as faixas que ainda não têm o hábito de freqüentar eventos de arte".
Ele explica que uma das características dos centros culturais do Banco do Brasil é o acesso gratuito a quaisquer iniciativas patrocinadas pela instituição. Para assinalar a chegada ao Recife, o Centro Cultural Banco do Brasil montou no Museu do Estado de Pernambuco a exposição "Onde está você, geração 80?", instalada inicialmente no Rio de Janeiro onde foi vista por mais de 100 mil pessoas.
Segundo o curador da exposição, Marcos de Lontra Costa, "Recife tem uma das mais importantes produções artísticas do País, com manifestações culturais que se tornaram referência. Foi, portanto, natural a escolha da cidade para abrigar o primeiro Centro Cultural do Banco do Brasil no Norte e Nordeste. Historicamente a implantação de um centro contribui para o desenvolvimento local graças ao seu perfil múltiplo e diversificado que contempla várias áreas como cinema, teatro, música, dança, artes plásticas e projetos educativos".


15/10/2004

Fonte: Gazeta Mercantil

 

Avisos Licitações

07/10/2022

Cursos Presenciais - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública

O Curso Presencial da Nova Lei de Licitação e Cont...

02/02/2023

Prefeitura de SP abre licitação para manutenção das ciclovias da capital

A Prefeitura de São Paulo, através da SMT (Secreta...

01/02/2023

Prefeitura divulga edital de licitação para construção de um novo ESF Caçador

Os moradores do bairro Caçador ganharão uma nova s...

01/02/2023

Prefeitura de Taubaté revoga licitação para compra de material escolar

A prefeitura de Taubaté revogou a licitação para c...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita