BB estranha polêmica com licitação


O diretor de marketing do Banco do Brasil, Paulo Rogério Caffarelli, disse ontem não entender a polêmica que se instalou no mercado publicitário com a decisão das duas agências que venceram a licitação promovida pelo banco - a Master, de Curitiba, e a Artplan, do Rio de Janeiro - de abrirem mão de cobrar os 5% sobre os custos de produção das campanhas que farão para a instituição. Ao final da licitação promovida pelo BB, que durou oito meses, Artplan, Master e Lowe ficaram empatadas pelos critérios técnicos e decidiram entre elas abrir mão dos 5%. Com a persistência do empate, a solução foi sortear as vencedoras.
"É normal as agências se empenharem por uma conta como essa. E também é natural que busquemos melhores preços e menores custos", disse Caffarelli. A verba do BB para publicidade em 2006 começou em R$ 160 milhões e subiu para R$ 180 milhões com campanhas não previstas no início do ano - como a do banco por telefone.
Caffarelli lembra que o percentual de 15% que remunera as agências pela veiculação dos anúncios não terá qualquer redução - esse índice é regulamentado pelo Conselho Executivo de Normas (Cenp), entidade que reúne agências veículos e anunciantes.
"Para nós era importante ter o BB, mas não vamos trabalhar de graça", disse Antonio Freitas, presidente da agência Master - cuja carteira tem 17 anos. Em 2005 a Master faturou R$ 92 milhões, segundo Freitas.
"A abrir mão desse percentual não compromete os serviços que vamos prestar", diz Rodolfo Medina, vice-presidente da Artplan. A agência ocupa a 19ª posição entre as 50 maiores agências do País, segundo a revista especializada "Meio&Mensagem". Segundo Medina, com a conta do BB a agência prevê aumento entre 20% e 30% em seu faturamento em 2007.
Ogilvy e D+ são as outras duas agências que já atendem o BB. O contrato de ambas termina neste mês e deve ser prorrogado por até 60 dias - tempo que Caffarelli estima ser necessário para renovar com as duas ou contratar outras duas novas agências. Segundo ele, novo edital de licitação está sendo preparado e deve ser publicado até o fim da próxima semana.
As regras para escolher as agências do BB tornaram-se mais rígidas depois que veio à tona o envolvimento da DNA, do empresário Marcos Valério de Souza, no escândalo do "mensalão". A DNA era uma das agências do BB.


19/09/2006

Fonte: Valor On Line

 

Curso Licitações

01/01/2024

Cursos On Line AO VIVO - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública

O Curso On Line Ao Vivo da Nova Lei de Licitação e...

29/01/2024

Curso On Line - Ao Vivo de Formação de Analista de Licitação e Contratação Pública

O Curso de formação Analista de Licitação ONLINE A...

15/03/2024

Cursos Presenciais - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública - Florianópolis/SC

O Curso Presencial da Nova Lei de Licitação e Cont...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita