Autorizada continuidade da licitação para obras em prédios e praça


Pelotas/RS - O coordenador nacional do Programa Monumenta, Luiz Fernando de Almeida, autorizou a continuidade do processo de licitação e contratações para as obras do Paço Municipal, do Teatro Sete de Abril e da praça Coronel Pedro Osório, garantindo todos os recursos necessários. Serão três projetos diferentes, sem que a prefeitura precise disponibilizar recursos de contrapartida este ano, não comprometendo assim o orçamento municipal em 2005.
As informações foram repassadas pelo coordenador à secretária de Cultura, Beatriz Araújo, e ao secretário de Gestão e Controle, José Francisco Cruz, que estiveram em Brasília.
Beatriz destacou também que se iniciaram as tratativas de assinatura de um aditivo ao Programa Monumenta 2006, que viabilizará a recuperação interna do Grande Hotel e do Mercado Público. Os recursos autorizados são de R$ 2 milhões, disponíveis a partir da assinatura do termo aditivo, "tão logo sejam executados a recuperação dos três primeiros projetos priorizados", reforçou.
PUBLICAÇÕES ESPECIAIS
O escritório do Programa Monumenta vai disponibilizar também publicações destinadas aos proprietários dos imóveis que integram a lista de prédios históricos inventariados de Pelotas - a edição será denominada Manual do Usuário do Centro Histórico. O material conterá instruções e maneiras sobre como preservar os imóveis, considerando as características originais destes prédios, além de formas de obtenção de financiamentos para os reparos.
Também foi garantido à secretária a edição de um livro didático da história e geografia exclusivamente de Pelotas através do Monumenta, para ser utilizado na rede pública municipal. O projeto já está sendo elaborado.
PROJETOS
Ainda em Brasília Beatriz visitou o gabinete de deputados da bancada gaúcha e solicitou que sejam incluídos os projetos da Secult nas emendas parlamentares dirigidas à área da cultura. Alguns deputados garantiram a inclusão no momento dos pedidos. Por fim, a secretária esteve no Ministério da Pesca, onde conversou com o ministro José Frisch sobre a possibilidade de obter recursos para viabilizar um Centro Cultural dos Pescadores. A intenção é construir seis destes centros em diferentes pontos da cidade. Começaria pela Colônia Z-3 com o nome de Projeto Escola da Arte.


17/06/2005

Fonte: Diário Popular

 

Curso Licitações

07/10/2022

Cursos Presenciais - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública

O Curso Presencial da Nova Lei de Licitação e Cont...

03/02/2023

MPF divulga pregão eletrônico para aquisição de água mineral para unidade no PI

O Ministério Público Federal (MPF) torna público o...

03/02/2023

Licitação para ampliação do aeroporto de Cachoeiro pode sair neste ano

O projeto de reforma e ampliação do Aeroporto Muni...

03/02/2023

Raquel Lyra abre nova licitação de R$ 303 milhões. Saiba para qual finalidade

O Governo do Estado abriu uma licitação de R$ 303....
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita