Assespro-PR impugna licitação da prefeitura de Curitiba


O Instituto Municipal de Administração Pública (Imap), da Prefeitura de Curitiba, anulou o edital 32/2006, que previa a compra de um software para a Escola de Administração Pública por meio de pregão eletrônico. A medida foi tomada depois de um protocolo de impugnação enviado pela Assespro-PR. Lançada no dia 05 de dezembro, a licitação marcava a disputa para 10 dias depois, em um leilão de trinta minutos.
"São pelo menos dois erros: dar pouco tempo para as empresas preparem suas propostas e, mais grave, escolher o sistema de pregão eletrônico quando o correto, para o caso, é o de técnica e preço", avalia o advogado da entidade, Jafte Carneiro Fagundes. "Não se pode admitir que a contratação de uma empresa para desenvolver um software seja avaliada apenas pelo critério do menor preço", afirma Luís Mário Luchetta, presidente da Assespro-PR.


24/01/2007

Fonte: Baguete

 

Avisos Licitações

02/03/2024

Licitação para recolha de animais de grande porte fracassa

A licitação aberta pela Prefeitura de Bauru com a ...

02/03/2024

Presidência irá reformar Planalto, Alvorada, Granda do Torto e outros imóveis

A Presidência da República irá reformar os prédios...

01/03/2024

Prefeitura obtém orientação da CBB e abrirá nova licitação para trocar piso do Moringão

Após conseguir obter uma normativa técnica expedid...

29/02/2024

Em coletiva, prefeito anuncia nova licitação para av. Pedromiro José Fernandes

O prefeito Celso Pozzobom assinou na tarde desta q...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita