Andrade Gutierrez vai participar de megalicitação na Argélia


São Paulo - A Construtora Andrade Gutierrez vai participar da concorrência para a construção da rodovia que vai cruzar a Argélia de leste a oeste. De acordo com o diretor-executivo de relações institucionais da empresa, Flávio Machado Filho, a companhia, por meio de sua subsidiária em Portugal, a Zagope, fará parte de um consórcio de empreiteiras portuguesas que apresentará proposta para a licitação.
O grupo, segundo Clóvis Martines, diretor da Zagope, será formado por 13 empresas lideradas pela Mota-Engil, maior construtora de Portugal. A participação de cada uma, porém, será diferenciada, dependendo, entre outros fatores, da experiência acumulada em construção de estradas. A Andrade Gutierrez, por exemplo, tem mais de 20 mil quilômetros de rodovias no currículo. Os detalhes do acordo, no entanto, são mantidos em sigilo.
"Será uma obra muito grande", disse Martines. A estrada terá 1,2 mil quilômetros de extensão e vai ligar as fronteiras da Argélia com a Tunísia, a leste, e com o Marrocos, a oeste. Hoje 140 quilômetros estão prontos e outros 160 estão em construção. A licitação terá como objeto os 900 quilômetros restantes, divididos em três lotes avaliados em 2 bilhões de euros cada. O consórcio vai concorrer a dois dos trechos.
O empreendimento faz parte de uma série de projetos de infra-estrutura planejados pelo governo argelino. Nos próximos cinco anos, a Argélia pretende investir US$ 60 bilhões em diversos segmentos considerados essenciais.
Até o início da semana passada, segundo informações da agência de notícias argelina Algérie Presse Service (APS), mais de 40 grandes empresas da Europa, Ásia e Américas haviam manifestado interesse em participar da licitação. É um negócio para megaempresas, uma vez que o governo argelino exige que as companhias que vão participar tenham um faturamento anual mínimo de US$ 2,5 bilhões. Daí a necessidade de formação de consórcios.
Inicialmente a Andrade Gutierrez estudava formar um grupo com outras duas companhias brasileiras, a Queiroz Galvão e a Camargo Corrêa. No entanto, de acordo com Machado, não haverá tempo hábil para apresentar uma proposta até o prazo estipulado, por volta do dia 20 de janeiro. Se houver uma prorrogação do prazo, porém, a idéia de formação de um consórcio totalmente brasileiro será retomada. As empresas avaliam que seriam necessários pelo menos mais seis meses para a elaboração de uma proposta.

Perfil
A Andrade Gutierrez é uma das maiores construtoras do Brasil. No ano passado, o setor de engenharia da companhia faturou R$ 1,7 bilhão com negócios no país e no exterior. A empresa atua também nos ramos de concessões e telecomunicações. Ela controla, por exemplo, a Companhia de Concessões Rodoviária (CCR), maior empresa do gênero na América Latina, e é uma das sócias controladoras da Telemar, maior companhia de telecomunicações do país. O faturamento total do grupo em 2004 foi de R$ 4,3 bilhões.
No Brasil e no exterior a empreiteira emprega mais de 17 mil pessoas, sendo 11.126 no setor de construção, 1.047 na área de concessões e 4.853 em telecomunicações.


21/12/2005

Fonte: Agência de Notícias Brasil-Arabe

 

Curso Licitações

01/01/2024

Cursos On Line AO VIVO - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública

O Curso On Line Ao Vivo da Nova Lei de Licitação e...

29/01/2024

Curso On Line - Ao Vivo de Formação de Analista de Licitação e Contratação Pública

O Curso de formação Analista de Licitação ONLINE A...

15/01/2024

Cursos Presenciais - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública - Florianópolis/SC

O Curso Presencial da Nova Lei de Licitação e Cont...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita