Nova lei de saneamento privilegia parcerias


São Paulo - O secretário de Saneamento do Ministério das Cidades, Abelardo de Oliveira Filho, afirma que a proposta do novo marco regulatório do setor dará preferência a concessões e parcerias com a iniciativa privada. Faz sentido. A necessidade de investimento é de R$ 178 bilhões e os recursos públicos são escassos. Há certeza também sobre outro ponto: o poder concedente fica com os municípios.


26/04/2004

Fonte: Gazeta Mercantil

 

Curso Licitações

19/07/2019

Títulos de capitalização poderão ser vendidos em licitações públicas

O mercado de capitalização proporá inserir os títulos da nov...

20/07/2019

Governador de MS participa do lançamento da licitação da ponte em Porto Murtinho

Nesta sexta-feira (19), Reinaldo Azambuja participou em Por...

17/07/2019

Curso de Licitações Públicas em Porto Alegre

Quer treinar sua equipe para obter melhores resultados nos p...

19/07/2019

TCE/PR – Suspensa licitação de Diamante do Oeste para compra de rolo compactador de solo

Exigência que especificou o objeto licitado e poderia limita...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita