Ex-diretora diz que decisão final sobre licitações na Loterj era de Waldomiro


Rio - A ex-presidente da Comissão de Licitação da Loterj no período de 2001/2002, Kétia Rognoni, disse hoje, na CPI da Assemnbléia Legistativa que investiga irregularidades na empresa, que, apesar do cargo que ocupava, não teve acesso aos processos de licitação que autorizavam a Combralog, empresa de Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, a explorar jogos eletrônicos e a Ebrara a explorar a raspadinha.

De acordo com Kátia Rognoni, todos os documentos da licitação eram analisados pelos assessores técnicos e jurídicos da Loteria do Rio de Janeiro e assinados por Waldomiro Diniz, na época presidente da empresa, a quem cabia a decisão final.


28/04/2004

Fonte: Agência Brasil

 

Avisos Licitações

17/02/2019

São Vicente pode ter sistema misto de transporte

A Cooperlotação, atual responsável pelo transporte público de São Vice...

15/02/2019

Prefeitura retoma obras e UPA Norte I deverá ser entregue em até 12 meses

A Prefeitura de Belo Horizonte abriu licitação para finalizar a implan...

16/02/2019

Codiub faz licitação para rotativo que será oferecido a outras cidades

Codiub vai abrir licitação para contratar empresa especializada em ges...

16/02/2019

Serviços de limpeza custarão até R$ 11 mi

A Prefeitura de Jaú abriu ontem a licitação para contratar a empresa r...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita