Prefeitura adia concorrência de R$ 8,9 bilhões


A Prefeitura de São Paulo adiou em cima da hora a decisão sobre a bilionária licitação para coleta e tratamento de lixo na cidade por 20 anos. A abertura dos envelopes estava marcada para hoje. Ontem, alegando problemas burocráticos, o Departamento de Limpeza Urbana, conhecido como Limpurb, comunicou o adiamento por tempo indeterminado.
Há uma empresa e dois consórcios qualificados. Eles disputam os R$ 8,9 bilhões para prestar serviços pelo período de 20 anos.
A licitação foi suspensa em outubro de 2003 pelo então conselheiro do TCM Edson Simões, o mesmo que congelou a concorrência do lixo nas subprefeituras. Os auditores do tribunal haviam contestado cinco pontos do edital. Após sanadas as incorreções, a licitação foi retomada.


14/04/2004

Fonte: Folha de São Paulo

 

Avisos Licitações

23/04/2019

Guará realiza licitação contra incêndio em escolas

A Prefeitura de Guaratinguetá deve contratar uma empresa par...

23/04/2019

Conclusão da obra da arena deve custar R$ 41,8 milhões em São José

Caso não haja nenhuma reviravolta na análise das propostas e...

22/04/2019

Prefeitura abre nova licitação para concessão de quiosques da Curva da Jurema, em Vitória

A Prefeitura de Vitória abriu nesta segunda-feira (22) uma n...

22/04/2019

TCE suspende pregão para locação de veículos pela prefeitura de Sorriso

O pregão presencial da Prefeitura de Sorriso foi suspenso pe...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita