Waldomiro favoreceu Cachoeira em licitação da Loterj


RIO - Um relatório elaborado pelo procurador-geral de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, Francesco Conte, comprova o favorecimento dado pelo ex-assessor do Planalto Waldomiro Diniz ao empresário do jogo Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, numa das concorrências para a exploração de loterias no estado.

O relatório foi entregue ao presidente da Assembléia Legislativa do Rio (Alerj), Jorge Picciani (PMDB), nesta terça-feira.

Com base nesse documento, o procurador-geral acredita que o Ministério Público do Estado já pode pedir a quebra do sigilo telefônico, bancário e fiscal não só de Carlinhos Cachoeira, mas também do ex-assessor da Presidência da República Waldomiro Diniz.

O documento envolve, segundo a Coordenadoria de Comunicações Social do Palácio Guanabara, as duas licitações feitas pela Loterj (a loteria do estado) entre fevereiro de 2001 e dezembro de 2002, quando Waldomiro presidia o órgão.


16/03/2004

Fonte: Agência Brasil

 

Curso Licitações

20/04/2019

Fundação Cultural de Uberaba divulga edital para contratação de artistas

A Fundação Cultural de Uberaba (FCU) publicou no Porta-Voz d...

20/04/2019

Contratações públicas devem se pautar pela inovação, dizem advogados

É preciso pensar as contratações na área pública dentro da l...

20/04/2019

Cuiabá terá dois novos terminais de ônibus e estação na rodoviária; veja locais

A Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob) revelou ...

19/04/2019

UFJF abre licitação para instalação de cantina no Jardim Botânico

A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) abriu uma lici...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita