Governo vai Investir R$ 70 milhões em Estações


Obras no ramal ferroviário Central-Deodoro começam no próximo semestre e visam à revitalização do comércio.
O governo do estado investirá R$ 70 milhões na recuperação das 19 estações de trem do ramal Central-Deodoro, sendo 14 na Zona Norte. O projeto, que prevê a instalação de escadas rolantes e a revitalização urbanística nos bairros cortados pela linha férrea, atende a uma reivindicação antiga de empresários da região, que apostam nas reformas tendo em vista a recuperação do comércio no entorno das estações.
Pelo contrato de concessão, assinado em 1998, os investimentos em melhorias na rede ferroviária teriam que ser feitos pela concessionária SuperVia e também pelo governo do estado. Entretanto, o secretário estadual de Transportes, Augusto Ariston, afirma que o alto investimento na reforma do ramal Central-Deodoro, com financiamento do Banco Mundial, é uma das obrigações contratuais do governo:
— O contrato foi modificado no governo Benedita da Silva e o prazo para os investimentos da concessionária foi adiado de 2005 para 2014.
A diretora de Desenvolvimento da SuperVia, Regina Amélia Oliveira, diz que cabe à empresa reformar as outras 70 estações e melhorar as condições dos trilhos:
— A SuperVia investirá, até 2014, R$ 642 milhões, já investimos 50% desse valor.
O secretário explica que o projeto inclui a construção de farmácias populares, de cinemas e de restaurantes nas imediações de algumas estações. As obras devem começar no próximo semestre:
— Esta semana teremos uma reunião com a governadora para detalhar o projeto e decidir a data da licitação.
Méier e Madureira serão os primeiros a serem beneficiados. O presidente da Associação Comercial do Méier, Fernando Lobo, acredita que, em um ano, o comércio da Rua Arquias Cordeiro (que representa 30% dos lojistas do bairro) crescerá 20%, em média:
— Cerca de 70% do comércio do Méier fica na Rua Dias da Cruz. A situação precária das escadas da estação prejudica a circulação de pedestres entre os dois lados.
São Cristóvão, Mangueira, Riachuelo, Sampaio, Engenho Novo, Engenho de Dentro, Piedade, Quintino, Cascadura, Osvaldo Cruz, Bento Ribeiro e Marechal Hermes também estão no pacote de obras.


14/03/2004

Fonte: O Globo

 

Curso Licitações

12/12/2018

Curso de Licitações Públicas em São Paulo

Quer treinar sua equipe para obter melhores resultados nos processos d...

14/12/2018

Iniciada há quatro anos, creche do Pró-Infância em Santa Maria passará por nova licitação na..

Iniciada em 2014 e com previsão de término no ano seguinte, uma das ob...

14/12/2018

Projeto exige transmissão ao vivo das concorrências das licitações do Estado

O deputado Manoel Ludgério (PSD) apresentou um Projeto de Lei com base...

13/12/2018

Liminar suspende licitação milionária da Central de Trânsito de Blumenau

A Justiça suspendeu a licitação de compra de equipamentos para estrutu...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita