BB vai investir R$ 1,3 bi contra crime eletrônico


Brasília - O banco oferecerá a clientes certificação digital. O Banco do Brasil prepara uma revolução tecnológica para combater o crime eletrônico. Vai oferecer, a partir deste ano, certificados digitais a seus clientes no valor mínimo da tarifa operacional dessa ferramenta, da ordem de R$ 10 por ano. Trata-se de um projeto próprio de software de certificação, desenvolvido em parceira com a Secretaria da Receita Federal e o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro). O investimento nesse projeto ainda não está definido, mas o BB estima investir R$ 1,3 bilhão neste ano em infra-estrutura interna de tecnologia, em relação a R$ 1,2 bilhão em 2003.

O valor das perdas do sistema financeiro com o crime eletrônico é um segredo guardado a sete chaves pelos bancos. O cliente é visto pelas instituições financeiras como o elo mais vulnerável na engenharia de segurança eletrônica.

"Por mais que nossa instalação esteja protegida no site central, o grande problema reside nos computadores e nos softwares dos clientes, porque quando se trata da internet – hoje um grande mercado –, o banco não tem condição de garantir a segurança de cada indivíduo", disse a este jornal o vice-presidente de tecnologia e infra-estrutura do banco, José Luiz de Cerqueira César.

"O BB é sensível a esse fator, porque o canal internet gera uma grande conveniência para os clientes", acrescentou.

A estratégia para migrar do modelo de segurança baseado em senha, usado no cartão magnético, para o chip – cartão digital – será colocada em prática inicialmente pelo segmento pessoa jurídica. Numa fase posterior, o banco pretende atingir a clientela pessoa física. Cerqueira César observa que o cartão magnético, disseminado nos anos 80, vai ser substituído pelo cartão digital. Mas para massificar o cartão digital, as instituições devem encontrar meios para não transferir para os usuários os custos de certificação eletrônica ("royalties


09/02/2004

Fonte: Gazeta Mercantil

 

Curso Licitações

21/02/2019

Prefeitura marca abertura de envelopes de licitação para reforma do antigo prédio do INSS

A Prefeitura de Criciúma agendou para a próxima segunda-feira (25), às...

21/02/2019

Licitação para obras do Centro Administrativo será aberta no início de 2020,diz Duarte Nogueira

O prefeito Duarte Nogueira (PSDB) anunciou na manhã desta quinta-feira...

21/02/2019

Universidade brasileira abre licitação para contratar empresa de Blockchain

A Fundação Cearense de Pesquisa e Cultura (PCPC) abriu licitação para ...

21/02/2019

Definida abertura de licitação do antigo PAM

A Prefeitura de Criciúma agendou para a próxima segunda-feira (25), às...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita