Pacote de obras anunciado pelo Estado vai começar por Chapecó e Florianópolis


Cinco regiões de Santa Catarina terão seis novas obras de infraestrutura. O anúncio do novo pacote de investimento foi reforçado pelo próprio governador Carlos Moisés (PSL) na manhã desta segunda-feira durante a coletiva de imprensa na Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (Acif). A expectativa é de que as primeira cidades contempladas sejam Florianópolis e Chapecó.

Era esperado o detalhamento de todos os futuros investimentos, mas durante a solenidade ocorreu apenas a assinatura da ordem de serviço para a revitalização de 12 quilômetros da SC-401, em Florianópolis. As obras de finalização do Contorno Viário, entre a BR-282 e a SC-283, em Chapecó, já haviam sido anunciadas na última sexta-feira. O investimento em Florianópolis deve ser em torno de R$ 32 milhões. Já no Oeste, o valor orçado é de, aproximadamente, R$ 25 milhões.

A expectativa é de que ainda nesta semana a obra da região Norte do Estado, que deve ocorrer em Joinville, seja anunciada. As demais regiões contempladas devem ser o Sul e o Meio-Oeste. Segundo Moisés, conforme ocorrerem visitas nas demais regiões, as outras obras serão detalhadas. Questionado, o governador preferiu não antecipar o cronograma das demais regiões, mas garantiu que isso deve ocorrer "na sequência".

— A ideia que nós temos é de que a gente possa promover através da própria infraestrutura do Estado, desenvolvimento. Essas obras serão anunciadas conforme a gente visitar cada região. Terá no Sul, Norte. Aqui em Florianópolis teremos a 401, mas em Chapecó terá o Contorno Viário pois boa parte dos veículos de carga circulam pela área urbanizada da cidade — explicou o governador.

Obras serão custeadas com recursos próprios
O investimento total, conforme adiantou o governador, deve ficar em torno de R$ 200 milhões. Segundo ele, o Estado está trabalhando com recursos próprios, já que está impossibilitado de conseguir novos financiamentos por conta da nota C, atribuída a SC pela Secretaria do Tesouro Nacional. Com essa avaliação, o Estado não consegue autorização para contrair novos empréstimos.

— Em todas as secretarias estamos trabalhando hoje, temos uma tabela, para saber, inclusive, os gastos com custeio de cada secretaria. A Casa Civil reduziu em 50% seu custeio nos últimos meses. A princípio, nenhuma delas aumentou significativamente seu custeio. A partir desse dinheiro que sobra, é recurso próprio e a gente começa a investir nessas localidades que a gente entende que a intervenção vai resultar em desenvolvimento — justificou o governador.

Confira os detalhes das duas obras já anunciadas

Chapecó
Será feita a finalização do trecho que complementa o Contorno Viário Oeste, entre a BR-282 e a SC-283, em Chapecó. Licitação, orçada em R$ 25 milhões, é para obra que compreende a área de 11,4 quilômetros. Como é um via municipal, o Estado vai repassar os valores para o município, que fará a licitação e execução da obra. Será de competência do Estado acompanhar a aplicação dos recursos. Como ainda não há licitação para a obra, o Estado também não divulgou prazos para a conclusão dos trabalhos. De acordo com o governo, a licitação pode sair entre dois e quatro meses.

A via passa pelas comunidades de Linha Simonetto, Linha Sarapião, Linha Cascavel e Colônia Bacia, a oeste da área central de Chapecó. Com a obra, estima-se que 250 caminhões deixem de passar pelo Centro da cidade diariamente. Conforme o governo, há seis anos já havia sido inaugurado o trecho entre a avenida Atílio Fontana e a SC-480, no entanto a continuidade até a BR-282 ficou pendente.

Segundo o secretário de Estado da Infraestrutura, Carlos Hassler, a obra no Oeste é de extrema importância pois existem empresas interessadas em ampliar áreas de produção em Chapecó e a finalização desse trecho funcionaria para dar escoamento logístico.

Florianópolis
Revitalização de 12 quilômetros da SC-401 entre os entroncamentos com a SC-404, no Itacorubi, e a SC-402, no Ratones. Estão previstos serviços de pavimentação, terraplanagem, drenagem, sinalização, troca de guard rails metálicos por muretas de concreto e a implantação de uma terceira pista na subida do João Paulo, até o cemitério Jardim da Paz.

Os trabalhos da obra, orçada em R$ 33 milhões, serão feitos à noite e durante a madrugada, para minimizar os transtornos. A previsão de entrega é de um ano e meio a dois anos. Agora, com a assinatura da ordem de serviço, a previsão é de que, em 30 dias, já haja mobilização para o início das obras.

Segundo o secretário de Estado da Infraestrutura, Carlos Hassler, o projeto de revitalização não contempla ciclovias. No entanto, o governo estaria com negociações avançadas com a Acif para garantir essa implementação.


10/06/2019

Fonte: NSC Total

 

Avisos Licitações

14/06/2019

Licitação de estações e agências rodoviárias atenderão 200 municípios no RS segundo o DAER

Até o fim de 2019, o Departamento Autônomo de Estradas de Ro...

16/06/2019

Dois Irmãos abrirá licitação para concessão do Ginásio Professor Matheus Grimm

Dois Irmãos - RS - A Prefeitura está realizando licitação na...

15/06/2019

Juquitiba abre licitação para conceder transporte público

A prefeitura de Juquitiba, na Grande São Paulo, anunciou abe...

15/06/2019

Estado abre consulta pública para licitação de transporte escolar

O Governo do Estado deu início ao processo de licitação do s...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita