Com 144 galões de tinta vencidos em depósito, Prefeitura de Goiânia licita compra de R$ 2,4 mi..


A Prefeitura de Goiânia homologou a licitação da compra de tintas para revitalizar a sinalização horizontal de toda a cidade, no valor de R$ 2,4 milhões. O processo de compra de mais de 300 mil itens foi aberto mesmo com 144 galões de tintas vencidas guardadas em um depósito da Secretaria Municipal de Trânsito (SMT). Os produtos atingiram o prazo de validade em fevereiro de 2017.

No entanto, de acordo com o secretário Municipal de Trânsito, Fernando Santana, os produtos, apesar de estarem vencidos, “não estão perdidos”. Ele afirma que o fabricante assegurou a qualidade das tintas, mesmo estando há quase dois anos além do prazo de validade.

“Nos foi então informado, e assim assegurado, que a tinta, apesar de estar vencida, não estava perdida. O próprio fabricante nos garantiu que estaria acompanhando para que estivéssemos o resultado desejado com a aplicação dela”, disse.

O G1 entrou em contato com a Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Goiânia, por e-mail e telefone, às 10h40 desta quarta-feira (7), para obter informações sobre qual o destino das tintas vencidas, já que agora elas serão utilizadas na cidade, e aguarda um retorno.

A licitação da compra dos galões de tinta e itens de sinalização foi homologada no último dia 11 de outubro, por meio de um processo eletrônico expedido pela Secretaria Municipal de Administração.

Na terça-feira (7), a reportagem da TV Anhanguera flagrou os 144 galões de tinta do lado de fora do depósito e apurou que o material seria recolhido para o devido descarte, antes da SMT apurar, junto ao fabricante, que os produtos poderiam ser utilizados, mesmo vencidos. No rótulo indica que a tinta foi fabricada em agosto de 2016 e teria validade de seis meses.

Reforço de pintura
Conforme apurou a emissora, a licitação tem o objetivo de revitalizar toda a sinalização horizontal de Goiânia, o que representa mais de 1 milhão de metros quadrados. As ciclovias e ciclorrotas e ciclofaixas, presentes em 80 quilômetros de vias da cidade, devem ter prioridade durante o processo de reforço da pintura.

O estudante Pedro Maragno Ludovico, que utiliza diariamente as ciclovias de Goiânia, afirma que o reforço da sinalização é importante, ainda que muitos motoristas insistem em não respeitar o trajeto. “Se bem que a ciclovia não serve para muita coisa, né? O carro não respeita, e é sempre meia parada”, desabafa.


07/11/2018

Fonte: G1 Goiás

 

Curso Licitações

18/11/2018

Daerp investe R$ 1 milhão em novo serviço de atendimento telefônico em Ribeirão Preto

O Departamento de Água e Esgoto de Ribeirão Preto (Daerp) anunciou inv...

17/11/2018

GDF prevê gastar R$ 40 milhões com planos de saúde para servidores em 2019

O governo do Distrito Federal abriu seleção, até o próximo dia 9, para...

17/11/2018

Prefeitura vai licitar a realização do 15º Festival da Guavira em Bonito (MS)

Por meio do Departamento Licitações e Contratos, a Secretaria Municipa...

17/11/2018

Judicialização prejudica andamento de licitação para serviço de coleta do lixo

A disputa pelo serviço de coleta de lixo em Três Lagoas já resultou em...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita