Petrobras se adequa à Lei das Estatais e abandona licitação por convite


Um dia depois de a Petrobras anunciar a migração para um segmento mais elevado de governança coorporativa na B3, a estatal deixa de realizar contratações por convite nesta terça-feira (15). A mudança visa adequar os procedimentos da companhia à Lei 13.303/16, conhecida como Lei das Estatais.

A legislação estabelece regras mais rígidas para licitações e determina que todas as contratações das estatais, incluindo companhias de economia mista, devem ser feitas via licitação pública. A mudança permitirá que qualquer interessado em firmar contratos com a petrolífera possa participar da seleção, desde que se adeque às condições dispostas nos editais.

A Petrobras realiza o ajuste em seus procedimentos com mais de um mês de antecedência do prazo estabelecido para a adequação à Lei.


15/05/2018

Fonte: Lexis 360

 

Curso Licitações

18/08/2018

Prefeitura homologa licitação de área azul em Porto Alegre

Depois de oito anos operando de forma transitória pela Empresa Pública...

18/08/2018

Centro de Convenções: prefeitura está tranquila quanto a licitação, diz secretário

O secretário municipal de Cultura e Turismo de Salvador, Cláudio Tinoc...

02/06/2018

Curso OnLine - EAD de Impugnação e Recursos em Licitações

Com o objetivo de capacitar e aprimorar o profissional com conheciment...

28/07/2018

Curso de Licitações Públicas em São Paulo e Porto Alegre

Quer treinar sua equipe para obter melhores resultados nos processos d...