Licitação suspensa deixa 55 mil alunos da rede estadual sem merenda em Ribeirão Preto, SP


Estudantes da rede estadual de ensino reclamam que estão há uma semana sem merenda em Ribeirão Preto (SP). Segundo eles, o arroz e o feijão foram substituídos por bolachas e achocolatado após o vencimento da licitação referente ao trabalho das merendeiras. O problema afeta 55 mil alunos matriculados em 70 escolas dos ensinos fundamental e médio.

De acordo com a diretora regional de ensino Simone Maria Locca, o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP) suspendeu a licitação depois que pontos do certame foram questionados por uma das empresas concorrentes.

Marmita para a escola
Há uma semana, os pais dos alunos foram comunicados sobre o impasse envolvendo o contrato das merendeiras nas escolas. Mãe de dois adolescentes, a cuidadora de idosos Claudineia Fukushima aumentou a quantidade das porções preparadas no jantar para que os filhos possam levar marmita para a escola no dia seguinte. Os jovens estudam pela manhã no Senai e à tarde frequentam as aulas na escola Cônego Barros.

“Não dá pra ficar sem comida na escola, não consegue nem aprender, né? Não deram uma previsão [para voltar a servir merenda]. Disseram que está dentro do prazo, mas que depende de licitação. E licitação demora, depende de várias coisas.”


13/03/2018

Fonte: G1 Ribeirão e Franca

 

Avisos Licitações

16/06/2018

Governo confirma pacote de obras em rodovia do Norte Pioneiro

O Governo do Estado vai realizar um conjunto de obras de melhoria na P...

17/06/2018

Raio-x do ônibus deve servir para nova licitação

De olho na elaboração do edital da próxima licitação que deve definir ...

17/06/2018

Clibas de Almeida Prado será a primeira a receber iluminação em nova licitação

A rua Clibas de Almeida Prado, entre a Domingos Mungo e avenida Ibirap...

15/06/2018

Prefeitura de Maringá licita exclusividade de serviços bancários para atender servidores.

A Prefeitura de Maringá abriu licitação para prestação de serviços ban...