Licitações Gratuitas Licitações Mobile Consulte nossos programas Solicite demonstração gratuita Solicite demonstração gratuita aqui Cursos de Licitações consulte nossos programas

25/04/2018

Suspensa licitação de Florestópolis para software de gestão de combustível

O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) emitiu medida cautel...

25/04/2018

Prefeitura de Cotia autoriza abertura de licitação para construção de um novo PA em Caucaia

O prefeito Rogério Franco assinou, nesta segunda-feira (23), a autoriz...

25/04/2018

Publicados resultado de licitação para restaurar Castelinho e mais investimentos em asfalto

Campo Grande (MS) – O Governo do Estado, por meio da Agência Estadual ...

25/04/2018

Corsan espera licitação de PPP no próximo mês

Para que saia do papel, a Parceria Público-Privada (PPP) da Companhia ...

Corsan deve lançar licitações para construir redes de esgoto em sete cidades


Sete cidades foram contempladas com financiamento para execução de obras de água e esgoto no Rio Grande do Sul. A Corsan e o governo federal firmaram hoje, em Porto Alegre, o contrato para obtenção de R$ 222 milhões. O ministro Carlos Marun, articulador do governo para a Reforma da Previdência, viajou à Capital para assinar o protocolo.

Serão beneficiados os municípios de Capão da Canoa, Gravataí, Imbé, Pedras Altas, Rio Grande, Tramandaí e Xangri-Lá. As licitações devem ser lançadas pela Corsan até o fim do primeiro semestre e a execução das obras deve levar 18 meses, aproximadamente. De acordo com o presidente da companhia, Flávio Presser, citou, entre os critérios para a escolha dos municípios, o perfil turístico e o baixo tratamento de água. “O litoral tem um baixo serviço de saneamento, o que pode comprometer o crescimento das cidades. Além disso, Canela também tem toda uma necessidade de cuidados ambientais e outras das escolhidas têm problemas com abastecimento”.

O prefeito de Rio Grande, Alexandre Lindenmeyer, disse que as redes de esgotamento eram aguardadas havia três anos. Segundo ele, as obras serão fundamentais para implementar o tratamento de esgoto na praia do Cassino, que conta somente com fossas sépticas, o que é proibido por lei.

Os recursos fazem parte do Programa Saneamento para Todos, que objetiva promover a melhoria das condições de saúde e da qualidade de vida da população urbana e rural, possibilitando a universalização e melhoria dos serviços públicos de água e esgoto. Do total de R$ 222 milhões a serem destinados para a execução das obras, R$ 210,6 milhões serão financiados pelo governo federal, com uma contrapartida de R$ 11,4 milhões da Corsan.


11/01/2018

Fonte: Rádio Guaíba

 



Curso Licitações
Tudo sobre Licitações Públicas. Licitações é Licitação .net – Um serviço de Business Online Comunicação de Dados Ltda. © 2012