Licitações Gratuitas Licitações Mobile Consulte nossos programas Solicite demonstração gratuita Solicite demonstração gratuita aqui Cursos de Licitações consulte nossos programas

10/11/2017

Curso OnLine - EAD de Impugnação e Recursos em Licitações

Com o objetivo de capacitar e aprimorar o profissional com conheciment...

28/11/2017

Curso de Licitações Públicas em Porto Alegre e São Paulo

Quer treinar sua equipe para obter melhores resultados nos processos d...

15/12/2017

Governo lança mais licitações para pavimentar vias urbanas

Com o compromisso de levar mais infraestrutura para os municípios de M...

15/12/2017

Rui diz que licitação da ponte Salvador-Itaparica será publicada até abril

O governador Rui Costa prevê para abril a publicação do edital de lici...

Licitação de R$ 8 milhões para construção de parque tecnológico em MT é suspensa


O presidente da Comissão Permanente de Licitação da Secretaria Estadual de Licitação (Secitec) suspendeu a sessão de abertura da concorrência pública que visa selecionar uma empresa para construção do Parque Tecnológico de Mato Grosso, em Várzea Grande. Conforme justificativa publicada no Diário Oficial do Estado, o edital de licitação foi impugnado e, agora, será readequado. Outra data será definida para recebimento das propostas.

O lançamento da licitação ocorreu no mês passado. Com uma área de 16 hectares, localizada em Várzea Grande, o início das obras estava previsto para o primeiro bimestre de 2018. Com a mudança no edital, não está confirmado se esta data será mantida. A intenção da Secitec era inaugurar a obra ainda no ano que vem.

Segundo a secretaria, o layout do centro é baseado no conceito de construções por containers, “uma tendência que otimiza os investimentos com conforto e modernidade. A estrutura modulada permite a gestão de espaços de forma eficiente de acordo com necessidade”.

O projeto inicial estava orçado R$ 14 milhões e durante o primeiro semestre de 2017, após uma reavaliação do plano diretor, foi otimizado e o valor de R$ 8 milhões permitiu que as ações retomassem caminho para o início das obras. A obra terá recursos do Fundo de Amparo à Pesquisa de Mato Grosso (Fapemat). O parque tem a expectativa de movimentar de 1,3 mil empregos diretos e indiretos.

O projeto contempla três módulos de funcionamento: parque tecnológico (espaço para o desenvolvimento de inovação pelas empresas), parque de serviços (focado na promoção de serviços para empresas, industrias e comunidades) e parque científico (espaço para formação e qualificação de pessoas, núcleos de universidade, laboratórios e centros de P&D).

Estão em processo de instalação também a anexa da Universidade Federal de Mato Grosso, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (IFMT) e do campus da Universidade de Mato Grosso (Unemat).


06/12/2017

Fonte: Só Noticias

 



Avisos Licitações
Tudo sobre Licitações Públicas. Licitações é Licitação .net – Um serviço de Business Online Comunicação de Dados Ltda. © 2012