Licitações Gratuitas Licitações Mobile Consulte nossos programas Solicite demonstração gratuita Solicite demonstração gratuita aqui Curso Licitações consulte nossos programas

02/03/2017

Curso OnLine - EAD de Impugnação e Recursos em Licitações

Com o objetivo de capacitar e aprimorar o profissional com conheciment...

24/04/2017

Curso de Licitações Públicas em Porto Alegre

Quer treinar sua equipe para obter melhores resultados nos processos d...

24/04/2017

Trabalho preventivo gera economia de mais de R$ 12,5 milhões em licitação da nova maternidade

A atuação preventiva dos auditores da Controladoria-Geral do Estado do...

25/04/2017

Seguro Saúde: Conselho cancela licitação por falta de interessados

O Conselho Regional de Administração de Santa Catarina (CRA/SC) cancel...

24/04/2017

Prefeitura de Óbidos abre licitação para serviço de transporte escolar

Será no próximo dia 28, no plenário da Câmara Municipal de Óbidos, no ...

Licitação de placas turísticas inclui confecção e instalação


A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sdet) e a Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) informam sobre os custos da licitação de tomada de preços da sinalização turística em Pelotas. Serão 88 placas para orientação de pedestres e condutores de veículos cujo valor máximo pode chegar a R$ 542.483,46. Essa é uma verba do Ministério do Turismo - designada para este fim – e sem contrapartida do município.

“Estamos fazendo uma total reestruturação da sinalização turística de Pelotas. Corremos atrás do recurso, encomendamos o projeto, foi aprovado pela Caixa Econômica Federal e agora aguardamos a licitação”, explicou o titular da Sdet, Fernando Estima.

O principal gasto será com os suportes para fixação das placas: no máximo R$ 327.922,79. Atualmente, a maioria das placas está fixada em postes de luz. Com o novo projeto, as placas terão postes próprios, com material resistente à umidade e ao vento. “Hoje, cerca de 30% das placas estão caindo ou tortas, o que muda totalmente a rota e o destino. Isso acontece por causa do suporte frágil, o que será corrigido com a licitação”, disse o secretário. Além disso, os suportes terão altura superior a dos atuais, para evitar o atrito com fios de alta tensão e caminhões de grande porte, como tem acontecido principalmente na zona norte.

O segundo maior gasto é com a instalação, que inclui escavação, lançamento de concreto, reconstrução de calçadas e limpeza final, que pode chegar a até R$ 35.343,90.

A retirada de parte das placas existentes, para dar lugar às novas, está orçada em R$ 9.539,28. Essas unidades serão recuperadas pela prefeitura e realocadas em locais como a Colônia.

As placas em si têm valores diferentes: as doze unidades destinadas à orientação de pedestres, com textos, imagens e mapas dos pontos turísticos, confeccionadas em chapa de alumínio, medindo 125 cm por 70 cm, estão orçadas em R$ 38.636,88. Portanto, cada uma custaria R$ 3.219,74. Já as 76 de orientação aos motoristas, com indicações de destinos, em chapas de aço carbono, que podem chegar a 2,5 m por 1,2 m, estão orçadas a R$ 131.040,61. Cada uma custaria R$ 1.724.

A abertura dos envelopes da licitação está marcada para o dia 4 de maio, às 14h, na sede da Seplag (avenida Ferreira Viana, 1.135). O edital da licitação pode ser acessado no link https://goo.gl/pA4PWy. A instalação das placas está prevista para ocorrer três meses após a contratação da empresa e ordem de início da obra.

O projeto
O projeto encomendado pela Sdet para a instalação das placas foi realizado pela empresa Sinalvias – Sinalizadora Viária Ltda, com base no Guia Brasileiro de Sinalização Turística, com levantamento de fluxo de trânsito, visibilidade, identificação e detalhamento gráfico.

O recurso
Os municípios gaúchos Pelotas, Jaguarão e São Miguel das Missões foram selecionados pelo Ministério do Turismo para receber R$ 1,35 milhão para sinalização turística, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento do Turismo (PAC). O fomento atende a necessidade de melhorar o nível de informação prestada ao turista nacional e internacional, que segundo pesquisas realizadas pelo Ministério, têm avaliado negativamente a sinalização.


20/04/2017

Fonte: Site Prefeitura Municipal de Pelotas

 



Curso Licitações
Licitacao.net é um serviço de Business Online Comunicação de Dados Ltda. © 2012 Licitacao.net