Licitações Gratuitas Licitações Mobile Consulte nossos programas Solicite demonstração gratuita Solicite demonstração gratuita aqui Curso Licitações consulte nossos programas

02/03/2017

Curso OnLine - EAD de Impugnação e Recursos em Licitações

Com o objetivo de capacitar e aprimorar o profissional com conheciment...

24/04/2017

Curso de Licitações Públicas em Porto Alegre

Quer treinar sua equipe para obter melhores resultados nos processos d...

24/04/2017

Trabalho preventivo gera economia de mais de R$ 12,5 milhões em licitação da nova maternidade

A atuação preventiva dos auditores da Controladoria-Geral do Estado do...

25/04/2017

Seguro Saúde: Conselho cancela licitação por falta de interessados

O Conselho Regional de Administração de Santa Catarina (CRA/SC) cancel...

24/04/2017

Prefeitura de Óbidos abre licitação para serviço de transporte escolar

Será no próximo dia 28, no plenário da Câmara Municipal de Óbidos, no ...

Marquinhos quer detalhes de dívidas do município e renegociação de licitações


O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), publicou, no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande), desta segunda-feira (9), três medidas que vão impactar o andamento dos trabalhos em sua administração, dentre elas está a reavaliação e a renegociação dos contratos em vigor e das licitações em curso.

Segundo a publicação, Marquinhos determinou que todas as secretarias, fundações e autarquias, promovam a ‘reavaliação das licitações em curso, bem como dos contratos firmados até 31 de dezembro de 2016’, cujas notas de empenho ou execução não tenham sido formalizadas.

O objetivo é diminuir o preço dos serviços e/ou produtos adquiridos pelo município. Marquinhos quer que Prefeitura pague ao menos os valores praticados pelo mercado, bem como ‘adequação das quantidades licitadas ou contratadas, conforme o caso, ao nível da disponibilidade orçamentária ou do estritamente necessário para atendimento da demanda, o que for menor, respeitados os limites legais’.

Caso encontre irregularidades o prefeito prometeu ‘revogar’ os procedimentos licitatórios. Durante as renegociações poderão ser prorrogados os contratos em vigor, até 30 de junho de 2017.

O novo prefeito também institui um Grupo de Trabalho que vai ‘realizar levantamento de dívidas dos órgãos e das entidades da administração direta e indireta’.

O prazo para a conclusão dos trabalhos é de 90 dias e nesse período ‘fica vedado o pagamento de despesas realizadas até 31 de dezembro de 2016, exceto as referentes a pessoal e encargos, dívida fundada e de caráter continuado’.


09/01/2017

Fonte: MidiaMax

 



Curso Licitações
Licitacao.net é um serviço de Business Online Comunicação de Dados Ltda. © 2012 Licitacao.net