Ronchetti explica porque não licitou o que tinha que ter licitado antes


O prefeito Marcos Ronchetti mandou dizer a esta página que o prazo de dois anos concedido pela prefeitura de Canoas para a definição dos novos concessionários no transporte coletivo respeita o artigo 175 da Constituição Federal e a lei que o regulamentou. A Sogal é a empresa que transporta os passageiros de Canoas/RS há 30 anos. A prefeitura quer mais 35 ônibus em circulação. O estudo que mandou fazer para determinar a licitação, constatou que serão necessárias duas empresas e não apenas uma, como hoje. Cada uma atenderá uma das duas grandes regiões de Canoas. A Sogal está sem contrato desde o início do governo de Ronchetti, mas só agora ele chamou licitações que não realizará.


08/08/2003

Fonte: Coluna de Políbio Braga

 

Avisos Licitações

26/06/2019

Tribunal de Justiça autoriza prefeitura abrir licitação para implantar 1.000 câmeras em São José

O Tribunal de Justiça autorizou a Prefeitura de São José dos...

26/06/2019

Após entraves, TJ autoriza licitação para implantar 1.000 câmeras em São José

Depois de quase dez meses de espera, o governo Felicio Ramut...

25/06/2019

Prefeitura de Londrina lança nova licitação do transporte público

A Prefeitura de Londrina, no norte do Paraná, lançou, nesta ...

25/06/2019

Correios prorrogam consulta à edital de licitação de rede

Os Correios prorrogaram para até 1º de julho a consulta públ...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita