Licitações Gratuitas Licitações Mobile Consulte nossos programas Solicite demonstração gratuita Solicite demonstração gratuita aqui Curso Licitações consulte nossos programas

09/12/2014

Dnit suspende licitação que prevê ampliação da Rodovia do Parque

O Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) confirm...

16/12/2014

Sem mapeamento, licitação de linhas intermunicipais segue sem data

A consultoria Gistran, contratada para elaborar um mapeamento sobre as...

16/12/2014

Aneel adia leilão de transmissão que estava previsto para sexta-feira

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu hoje (16) adiar...

17/12/2014

Denúncia pode atrasar licitação de prontuário

Denúncia encaminhada ao TCE/MG (Tribunal de Contas do Estado de Minas ...

15/12/2014

Licitação para reconstruir Frohsinn deve ser lançada em janeiro em Blumenau

A prefeitura planeja abrir na primeira semana de janeiro a licitação p...

Piscinão Jaboticabal será licitado


A licitação para a construção daquele que será o maior piscinão de São Paulo deverá ser lançada ainda neste mês pelo governo do Estado.
Com poder para reter cerca de 900 mil metros cúbicos de água, o reservatório do Jaboticabal será instalado na tríplice fronteira entre São Bernardo, São Caetano e São Paulo.
O anúncio do edital foi feito ontem pelo governador Alberto Goldman (PSDB), durante inauguração do piscinão do Taboão, na divisa de São Bernardo e Diadema.
Diretor de Engenharia do Daee (Departamento de Águas e Energia Elétrica), Ricardo Borsari explicou que o piscinão será feito por etapas.
O plano é construir primeiro uma obra com capacidade para armazenar entre 450 mil ou 500 mil metros cúbicos. O restante será complementado em segunda fase.
"Se a licitação correr bem, acreditamos que até o final do próximo ano a primeira etapa esteja em operação. A segunda etapa ficará para 2012", afirmou Borsari.
A expectativa do Daee, órgão vinculado à Secretaria Estadual de Saneamento e Energia, é de que as obras da etapa inicial tenham início em dezembro deste ano. "Serão gastos cerca de R$ 80 milhões. Nas nossas avaliações, a divisão em duas etapas não altera o orçamento", garantiu o diretor.
O edital para a construção do piscinão do Jaboticabal já havia sido lançado pelo governo em abril deste ano, mas foi removido.
"Justamente por causa dessas conformações, entendemos por bem retirar a licitação, para fazermos os ajustes e então licitar novamente", justificou Borsari.
Meio milhão - O Jaboticabal é tido como o maior instrumento para conter enchentes no Grande ABC e em parte da Capital, o que beneficiará cerca de meio milhão de pessoas.
Para se ter uma ideia da grandeza, a capacidade de absorção do piscinão é suficiente para abastecer 360 piscinas olímpicas. O equipamento será construído em área historicamente afetada por enchentes, como a Avenida Guido Aliberti, em São Caetano, e as pistas do Km 13 da Via Anchieta, em São Bernardo.
O reservatório receberá a água que corre pelos ribeirões dos Meninos e dos Couros, além do córrego que lhe empresta o nome.
O local é considerado chave, pois funciona como uma espécie de funil, concentrando o volume que percorre as cidades vizinhas e conflui para os canais.
Governador inaugura 19° reservatório
O Piscinão do Taboão, aberto ontem pelo governador Goldman, é o 19° reservatório Estadual instalado no Grande ABC.
Montado na divisa entre São Bernardo e Diadema, o equipamento tem capacidade de armazenar até 130 mil metros cúbicos.
A construção foi iniciada em novembro de 2007. A expectativa anterior era de que a abertura fosse realizada em maio de 2009.
Além do piscinão, também foi entregue a obra de canalização de dois quilômetros e meio do Córrego Taboão.
Os dois projetos custaram R$ 18,2 milhões e irão beneficiar cerca de 100 mil pessoas, contribuindo para minimizar o impacto das enchentes.
Esgoto - A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) irá assinar no próximo dia 30 de setembro, em Tóquio, capital japonesa, contrato de empréstimo para investimentos dentro do Pró-Billings, em benefício de São Bernardo.
Segundo a secretária Estadual de Saneamento e Energia, Dilma Pena, o financiamento de R$ 126 milhões da Agência Internacional de Cooperação do Japão - Jica, na sigla em inglês - será utilizado em obras para transportar para estação de tratamento o esgoto que hoje é lançado in natura na represa.


02/09/2010

Fonte: Diário do Grande ABC

 



Curso Licitações
Licitacao.net é um serviço de Business Online Comunicação de Dados Ltda. © 2012 Licitacao.net